COPA DO BRASIL

Ineficiente, Sport tomba em Minas Gerais e está eliminado da Copa do Brasil


Com falhas no sistema defensivo e ataque improdutivo, o Sport é derrotado por 3 x 0 para o Tombense e cai precocemente na Copa do Brasil

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/02/2019 às 22:26
Victor Souza/Futebol Clube Tombense
FOTO: Victor Souza/Futebol Clube Tombense
Leitura:

A noite foi de pesadelo para o Sport. Nem o mais o pessimista torcedor do Leão imaginava que a equipe pernambucana cairia na primeira fase da Copa do Brasil. Com o ataque ineficiente, o time rubro-negro não soube aproveitar as chances criadas e está eliminado da competição mais rentável do Brasil.

O Sport foi até tombos para enfrentar a Tombense na noite desta quarta-feira (13) e foi derrotado por 3 x 0. Os gols foram marcados por Juan, Denilson e Marquinhos. Com a eliminação, a equipe pernambucana deixa de embolsar R$ 625 mil. O Gavião-Carcará enfrenta na próxima fase o Botafogo-PB enquanto o Sport foca no Campeonato Pernambucano.

Ouça os gols na voz de Roberto Queiroz

A partida

O primeiro tempo deu indícios que o Sport teria certa facilidade para sair vencedor do confronto. A equipe pernambucana teve a posse de bola e o domínio do jogo e chegou várias vezes com perigo na meta do Tombense, mas não conseguiu estufar as redes adversária. Foram seis finalizações do Leão contra três dos donos da casa, que soube aproveitar melhor.

Uma das falhas apresentadas pelo Sport foi na parte da transição do meio para o ataque. O Tombense percebendo que a equipe rubro-negra tinha o controle do jogo, recuou e fez duas linhas de 4 e partiu para cima dos visitantes na base do contra-ataque.

A primeira chegada do Sport foi com Sander aos 7 minutos que arriscou de longe, mas o chute saiu fraco. Dois minutos depois foi a vez de Hernane desperdiçar. Ele recebeu a bola na cara do gol, mas errou na finalização. Aos 22 mais uma vez o centroavante desperdiçou. Sander cruzou na área e o camisa 9 cabeceou para fora.

Na trave

A melhor chance do Leão surgiu com Ezequiel. O jogador avançou pela direita, chutou cruzado e a bola explodiu na trave.

Quem não faz leva

Com tantas chances criadas, mas sem aproveitar, o Sport sofreu o golpe aos 31 minutos. Everton fez boa jogada pela esquerda, invadiu a área do Leão e mandou a bomba. Magrão defendeu, mas a bola sobrou para o veterano Juan. O camisa 10, com calma, mandou para fundo das redes abrindo o placar.

Pressão do Sport

Sem sentir o gol, o Sport continuou pressionando o Tombense. Aos 34 minutos Guilherme fez a jogada pelo meio e chutou firme. A bola tinha endereço certo, mas o goleiro Felipe evitou o empate. Aos 39 mais uma vez o arqueiro do Gavião-Carcará teve trabalho. Charles recuperou a bola na entrada da área e soltou a bomba. Felipe se esticou todo para evitar o gol.

Na etapa complementar, o Sport começou com o mesmo ímpeto do primeiro tempo, mas apresentando os mesmos problemas nas finalizações. Hernane teve uma chance aos 7 minutos, mas não aproveitou. Aos 16 Juninho recebeu na área do Tombense e arriscou, mas sem perigo.

Erros que custam caro

Aos 25 minutos o Tombense ampliou a vantagem. Juan recebeu na entrada da área e passou com muita facilidade por Norberto. O atleta chutou cruzado e Magrão falhou ao tentar encaixar. A bola sobrou para Denirson que livre de marcação, empurrou para o gol.

Feito o 2º gol, o Tombense passou ter mais tranquilidade e administrar a partida. O Sport tinha campo para avançar, mas os donos da casa se fecharam bem para segurar o resultado positivo e a classificação.

O golpe fatal

No fim da partida o Tombense ainda marcou mais um. Juan, o homem do jogo, tocou para Marquinhos que chutou firme e Magrão não conseguiu segurar. Com o placar de 3 x 0 o árbitro encerrou a partida.

Ficha do jogo

Tombense: Felipe; David (Bruno), Lincoln, Reynaldo e Bruninho; Rodrigo, Trindade e Juan; Everton (Vander), Lucas de Sá (Marquinhos) e Denilson. Técnico: Ricardo Drubscky

Sport: Magrão; Norberto (Alisson Farias), Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles e Kaio (Juninho); Ezequiel, Guilherme e Hernane Brocador (Elton). Técnico: Milton Cruz.

Local: estádio Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos (MG). Árbitro: Jeerson Ferreira de Moraes (GO). Assistentes: Márcio Soares Maciel e Adailton Fernando Menezes (ambos de GO). Gols: Juan, aos 31 minutos do 1º tempo. Denílson, aos 25, e Marquinhos, aos 49 do 2º tempo. Cartões amarelos: Lincoln (TOM) e Norberto, Elton (SPO)


Mais Lidas