Sport

Sport encara a primeira decisão do ano diante da Tombense


Fora da Copa do Nordeste, o Sport só tem a disputa do Estadual e da Copa do Brasil neste primeiro semestre

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 13/02/2019 às 12:05
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Por Filipe Farias, do Jornal do Commercio - A primeira decisão do ano! O confronto diante da TombenseMG, hoje, às 20h30 (do Recife), no estádio Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos, pela estreia da Copa do Brasil, vai definir como será o primeiro trimestre do Sport: esperançoso e com perspectivas de entrar receita no cofre do clube (em caso de classificação) ou desesperador por só ter pela frente um Estadual pouco atrativo financeiramente – caso seja eliminado na primeira fase.

A favor dos rubro-negros está o regulamento, que prevê duas possibilidades de o Leão se classificar e embolsar uma premiação de R$ 625 mil. Por ser partida única e jogar fora de casa, o Sport (que é melhor ranqueado) avança em caso de uma vitória simples ou um empate. Seguindo na competição, jogaria a segunda fase na Ilha do Retiro contra o vencedor de Operário-MS ou Botafogo-PB.

Para o confronto diante da Tombense, o técnico Milton Cruz vai repetir a base da equipe que vem atuando nesse início de temporada – com exceção do duelo contra o Petrolina, quando os titulares foram poupados. A única dúvida do treinador está na zaga. Como Adryelson é o titular da posição, a missão é definir quem formará a melhor dupla de zaga com o prata da casa: Cleberson (atuou na vitória contra o América-PE e tem a confiança de Milton por já terem trabalhado juntos no Figueirense) ou Rafael Thyere, que estreou no último domingo e teve uma atuação segura.

Campeão da Copa do Brasil em 2008, vice em 1989 e semifinalista em 1992 e 2003, o Sport entra na competição com uma ambição mais modesta em 2019. A ideia é avançar o máximo possível, até por conta da questão financeira. Ano passado, o Leão foi eliminado na 2ª fase, pelo Ferroviário-CE.

Tombense

Um adversário com caras conhecidas. A Tombense conta em seu elenco com alguns jogadores que atuaram recentemente por clubes pernambucanos, caso do goleiro Felipe, do lateral-direito David e do meia-atacante Rhaynner (todos ex-Náutico); do volante Rodrigo, ex-Sport; e do meia Cássio Ortega, ex-Salgueiro. Além do conhecimento individual da Tombense, a comissão técnica do Leão também está atenta quanto à coletividade do time comandado por Ricardo Drubscky. O treinador também conta com jogadores bem rodados em seu plantel, como Juan (ex-Flamengo).

“Conseguimos os últimos cinco jogos da Tombense em câmera aberta, o que é bom para detectarmos padrões de comportamentos em todas as fases do jogo. Percebemos que eles têm um time que gosta de ter a bola e que busca utilizar bastante o jogo apoiado”, explicou Thiago Alves, analista de desempenho do Sport.

Ficha do jogo

Tombense: Felipe Garcia; David, Lincoln Silva, Reynaldo e Bruninho; Trindade e Rodrigo; Everton, Juan e Ranha; Ricardo Jesus. Técnico: Ricardo Drubscky.

Sport: Magrão; Norberto, Rafael Thyere (Cleberson), Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles e Leandrinho; Ezequiel, Guilherme e Hernane Brocador. Técnico: Milton Cruz.

Local: estádio Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos (MG). Horário: 20h30 (do Recife). Árbitro: Jeerson Ferreira de Moraes (GO). Assistentes: Márcio Soares Maciel e Adailton Fernando Menezes (ambos de GO).


Mais Lidas