Santa Cruz

Santa Cruz se classifica e tem Clássico das Emoções na Copa do Brasil

A equipe do Santa Cruz teve um bom desempenho coletivo e conseguiu a classificação diante do Sinop, no Mato Grosso

Publicado em 14/02/2019 às 23:32
João Victor Amorim/Rádio Jornal
FOTO: João Victor Amorim/Rádio Jornal
Leitura:

O Santa Cruz teve a postura comentada pelo técnico Leston Júnior e não tomou conhecimento do Sinop-MT e venceu por 2 a 1 no estádio Gigante do Norte. Ao avançar de fase, o time pernambucano recebe R$ 625 mil em premiação. Com a classificação o tricolor, a segunda fase da Copa do Brasil reserve o Clássico das Emoções, com mando de campo da Cobra Coral, mas ainda sem data marcada.

Ouça os gols na voz de Aroldo Costa

Gol no começo

O Santa Cruz começou o jogo com a postura que o técnico Leston Júnior avisou. Foi para cima do Sinop, e logo aos cinco minutos abriu o placar. Marcos Martins cobrou escanteio e Elias Carioca apareceu na pequena área só para escorar. O gol serviu para diminuir o ímpeto do time mandante.

Defesa e contra-ataque

Com a necessidade, os donos da casa, com disposição e pouca técnica, apertava. A equipe mato-grossense precisava virar o jogo para se classificar. A primeira chance veio com uma finalização de bicicleta no qual Ricardo Ernesto defendeu. Logo depois, em cobrança de falta, a bola passou muito perto do gol. Mas o tricolor diminuiu os espaços no campo de defesa e não sofria muito, fora esses lances. Somente aos 34 minutos conseguiu sair no contra-ataque. Elias arrancou com espaço pela esquerda, mas o goleiro evitou que o cruzamento rasteiro chegasse em Pipico. No decorrer do primeiro tempo, a partida teve muita correria e pouca efetividade dos dois lados.

Lesionado

O goleiro Ricardo Ernesto não voltou para a segunda etapa, pois sentiu dores e virou dúvida para o Clássico das Multidões. Anderson é o substituto imediato.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, logo aos dois minutos, o goleiro Guilherme teve que trabalhar em um bom chute de fora da área. O time pernambucano manteve a postura que escolheu após abrir o placar. Procurava o contra-ataque. A correria diminuiu ao longo da segunda etapa e o confronto ficou truncado e com muitas faltas. O Galo só chegou depois dos 25 minutos em cabeça centralizada que o goleiro tricolor. No entanto, o susto maior foi para os mandantes. Aos 28 minutos, Pipico sofreu pênalti. Ele foi para a bola e não desperdiçou. O garoto Elias Carioca apresentou um desequilíbrio emocional e, mesmo com o resultado em mãos, conseguiu tomar dois amarelos e ser expulso. No fim da partida, o Sinop diminuiu. Entretanto, a vitória coral foi confirmada.

Ficha do jogo

Sinop-MT: Guilherme; Leo Coman, Bruno, Gustavo e Jefferson Arroz; Daniel, Deivison, Natan e Fabiano Menezes (Elber); Riquelme (Michel) e Fernando (Igor). Técnico: Gianni Freitas.

Santa Cruz: Ricardo Ernesto (Anderson); Marcos Martins, Vitão, Danny Morais e Bruno Ré; Charles, Lorenzi e Allan Dias (Guilherme Queiroz); Jô, Elias e Pipico. Técnico: Leston Júnior.

Gols: Elias Carioca aos 05 do 1'T e Pipico aos 28 do 2'T (Scz); Igor aos 45 do 2'T (Sinop). Cartões amarelos: Lorenzi e Anderson (Scz); Michel (Sinop). Cartão vermelho: Elias Carioca.

Mais Lidas