Clássico

Clássico das Multidões marca a estreia do Arruda na temporada

Santa Cruz e Sport fazem o clássico, em jogo antecipado da sexta rodada do Campeonato Pernambucano

Davi Saboya e Robert Sarmento
Davi Saboya e Robert Sarmento
Publicado em 17/02/2019 às 10:30
Arnaldo Carvalho/ JC Imagem
FOTO: Arnaldo Carvalho/ JC Imagem
Leitura:

A estreia em grande estilo. Depois de mandar os quatro jogos deste ano como mandante na Arena de Pernambuco, o Santa Cruz, enfim, irá jogar em casa. O retorno ao reduto coral acontece contra o Sport, neste domingo, às 17h, em partida antecipada da sexta rodada do Campeonato Pernambucano. O retorno teve que ser adiado, pois o gramado do Santa Cruz não apresentava as exigências da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Pernambucana de Futebol (FPF) depois da reforma realizada no campo no mês de dezembro (que trocou cerca de 70% da grama) e foi liberado na última quinta-feira.

Apesar do tradicional valor do Clássico das Multidões, os “artistas” do campo não é o grande atrativo do jogo. Na quarta-feira, a Cobra Coral tem o “duelo do milhão” contra o Náutico pela Copa do Brasil e enfrenta o Leão com o “pé no freio”. A grande expectativa dos tricolores é na volta do time para o Arruda. Os rubro-negros chegam abatidos após o vexame diante da Tombense, mas a torcida leonina promete marcar presença em peso no estádio do José do Rego Maciel.

Transmissão

A jornada esportiva da Rádio Jornal começa às 12h com o Domingo Esportivo e segue até às 21h com o Resumo Final, que tem a apresentação de Marcelo Araújo. O clássico tem a narração de Aroldo Costa, comentários de Maciel Júnior e Carlyle Paes Barreto, com João Victor Amorim e Igor Moura nas reportagens.

Clássico
Sobre o time, o técnico Leston Júnior garantiu depois do jogo contra o Sinop, na quinta-feira, que que irá poupar os titulares do Santa Cruz no clássico. Porém, não cravou a quantidade, se todos ou apenas alguns atletas. A certeza é que o atacante Pipico cumpre suspensão pelo cartão vermelho do último jogo no Estadual contra o Petrolina. Com isso, Neto Costa e Guilherme Queiroz brigam pela vaga, além de Augusto. Outro ponto que está encaminhado é a participação do também atacante Elias. O garoto foi expulso na primeira fase do torneio nacional e não enfrenta o Náutico.

Para tentar esquecer a eliminação precoce da Copa do Brasil, o Sport quer assegurar a vitória no clássico contra o Santa Cruz. Segundo Milton Cruz, o fato do Tricolor do Arruda entrar com uma provável formação reserva, não significa que o confronto será mais fácil. “Quem vai jogar é o Santa Cruz. Se eles contrataram esses jogadores é porque confiam neles. Respeitamos o adversário e não vamos encontrar moleza. Vai ser difícil. Às vezes, encarar os reservas é até mais difícil, pois eles querem mostrar serviço. Iremos fazer o nosso melhor para conseguir o resultado positivo”, contou.

Ficha do jogo

Santa Cruz: Anderson; Cesinha, William, João Victor (Vitão) e Raphael Soares; Eduardo, Lucas Gonçalves (Charles) e Luiz Felipe; Elias, Augusto e Neto Costa (Guilherme Queiroz). Técnico: Leston Júnior.

Sport: Magrão (Maílson); Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles e Leandrinho (Kaio); Ezequiel (Alisson Farias), Guilherme e Hernane. Técnico: Milton Cruz.

Local: Estádio do Arruda. Horário: 17h (do Recife). Árbitro: Luiz Sobral. Assistentes: Francisco Chaves e Bruno Vieira. Ingressos: R$ 20 a R$ 60 (mandante). R$ 50 a R$ 25 (visitante).

Mais Lidas