Destaque

Pipico e Anderson estão em alta no Santa Cruz

Jogadores estão recebendo elogios pelas boas atuações e conseguem papel de destaque na temporada do Santa Cruz

Publicado em 11/03/2019 às 15:16
Brenda Alcântara e Davi Saboya/JC Imagem
FOTO: Brenda Alcântara e Davi Saboya/JC Imagem
Leitura:

Enquanto um resolve no ataque, o outro segura na defesa. São dessas maneiras que o atacante Pipico e o goleiro Anderson conseguem destaque na atual temporada do Santa Cruz. Ambos vivem ótima fase e estão em alta com a torcida. O artilheiro coral tem 9 jogos e seis gols marcados em 2019, correspondendo as expectativas. Já o arqueiro, oriundo da base do Palmeiras, pode ser considerado uma surpresa, pois é o primeiro ano como profissional. Ele assumiu a vaga após a lesão de Ricardo Ernesto e acumula oito jogos em sequência.

“Goleiro tem que está ligado o jogo inteiro. Sinto que estou bem e fazendo jogos seguros. Você entra no clube para buscar espaço e é o que estou fazendo, obviamente respeitando o Ricardo Ernesto, que está no clube desde o ano passado. Mas estou tendo boas atuações quando e ainda bem que tudo está dando certo”, disse, Anderson, ao avaliar o próprio desempenho.

Em relação a Pipico, ele marcou o gol de empate diante do CSA em uma cobrança de fata. Mas ele afirma que o lance não é novidade na carreira e que já vinha treinando. “Já fiz (gols de falta). Venho treinando bem toda a semana e quando tiver a oportunidade fui feliz”, afirma.

Disputa pela titularidade

Anderson foi acionado pela primeira vez no segundo tempo diante do Sinop-MT, quando o então titular Ricardo Ernesto sentiu dores em uma das coxas. Desde então, o garoto de 21 anos colocou um dúvida na cabeça do técnico Leston Júnior e na partida de ontem foi fundamental para evitar uma derrota dentro de casa.

"Todo grupo tem suas lideranças e o Ricardo (Ernesto) é uma delas no nosso grupo. Ele vem de apenas dois, três treinos. Levamos para o banco com a intenção de ter um cara que tivesse a capacidade de elevar o astral, incentivar os mais jovens. Quando ele tiver em plenas condições, vamos avaliar a questão da titularidade", analisa o treinador do Santa Cruz.

Mais Lidas