ELIMINAÇÃO

"Não perdemos a classificação nos pênaltis. perdemos no primeiro tempo", diz Leston júnior

Treinador Leston Júnior afirmou que o Santa Cruz pagou caro pelos minutos iniciais

Fellipe Leandro
Fellipe Leandro
Publicado em 27/03/2019 às 22:39
Alexandre Gondim/ JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/ JC Imagem
Leitura:

Depois de ser eliminado do Campeonato Pernambucano na decisão por pênaltis contra o Afogados, o comandante da equipe Coral, Leston Júnior, afirmou que o Santa Cruz não mereceu se classificar por conta do primeiro tempo fraco que o time apresentou. O treinador disse que a equipe pagou caro pelo futebol apresentado.

Uma decisão com essa o regulamento é bem claro: 90 minutos para definir a classificação. Se abrir mão dos 45 minutos da decisão acaba se pressionado e fica só 45. Nós não perdemos a classificação nos pênaltis. Perdemos no primeiro tempo. Nós pagamos caro pelos minutos iniciais, quando não conseguimos produzir em cima do planejado. Você paga caro quando abre mão de 45 minutos como nós abrimos. O gol foi um castigo", disse Leston Júnior

Leston também lamentou o pênalti não marcado nos minutos iniciais em cima de Augusto e que a eliminação é um peso grande, pois a equipe almejava chegar na final

"É claro que com quatro minutos foi pênalti em Augusto, mas não é justificativa. De repente a gente faz o pênalti mãos jogamos nada. É um peso grande pois a gente almejava chegar na final. Eu tenho por mim que episódio negativos precisam ter consequências e não sequelas. É assim que vai crescer entre um trabalho. Tendo sabedoria e firmeza", afirmou.

Impacto

A respeito do impacto da eliminação, Lento júnior disse que isso é proporcional as ações e que é preciso assimilar o golpe entender as responsabilidades.

"O impacto vai ser proporcional as nossas ações.Tem que assimilar o golpe e entender as responsabilidades e seguir de uma forma mais eficiente, pois você elabora, mas precisa ajustar no decorrer do campeonato. Não pode sair do projeto com um todo. É ter inteligência e fazer com que la na frente a gente consiga os nossos objetivos", concluiu

Mais Lidas