Renovação

Dirigente esclarece situações de Sammir, Leandrinho e Adryelson no Sport

Enquanto os meias têm contrato até o final de abril, o zagueiro revelado na base rubro-negra pode sair de graça no final da temporada

Publicado em 29/03/2019 às 14:30
JC Imagem
FOTO: JC Imagem
Leitura:

A renovação do contrato de Adryelson segue sem um desfecho. Até o momento, o clube e a agência Elenko, no qual representa o jogador, não acertaram os valores financeiros. Com contrato até o final da Série B, a diretoria rubro-negra tenta a renovação do zagueiro, para não correr o risco de perdê-lo de graça, visto que qualquer atleta pode assinar um pré-contrato com outro clube restando seis meses para encerrar o vínculo atual, sendo o Grêmio um dos mais interessados no jogador.

"A gente não conseguiu chegar em um denominador comum. Então suspendemos toda a negociação. Até o final do Campeonato Pernambucano, a gente não discute mais contratações ou renovações. O foco é a semifinal contra o Salgueiro e se passando a busca pelo título. Nós continuamos otimista e que vai se resolver (o contrato de Adryelson), mas não há necessidade de ficar perdendo o foco da fase final do Pernambucano. Foi uma decisão que tomamos em comum acordo com o empresário do jogador", informou Nelo Campos, diretor de futebol do Sport.

Sammir e Leandrinho

Em contrapartida, o dirigente não vê dificuldades na renovação de contrato do meias Sammir e Leandrinho, apesar de ambos se encerrarem no final do mês de abril. O brasileiro naturalizado croata Sammir, passou parte deste inicio de temporada se recuperando de lesão e se recondicionando fisicamente. Por isso, só estreou contra o Petrolina, atuando cerca de 15 minutos. Já Leandrinho disputou sete partidas, tendo marcado seu primeiro último jogo, contra a Fera Sertaneja, e está recuperando espaço com o técnico Guto Ferreira.

"Já conversei com os dois no vestiário. Temos até o final de abril. O contrato está pronto até o final do ano. Não há muito o que discutir. A gente não só assisti os jogos. Estamos vendo os treinos e a dedicação dos atletas. Não precisamos nos precipitar. O Sammir tem contrato, bem dizer, até 2020. Eles vão dar muita alegria este ano", conclui Nelo Campos.

Mais Lidas