Oportunidade

Leston Júnior deu chance a novatos e "escanteados" no Santa Cruz


Do atual time titular do Santa Cruz, apenas o lateral Marcos Martins foi utilizado contra o Confiança

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 30/03/2019 às 19:38
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Com a classificação garantida de forma antecipada, a partida do Santa Cruz sobre o Confiança serviu para o técnico Leston Júnior fazer vários testes no time e rodar o elenco com a utilização de jogadores que estrearam profissionalmente, como o lateral-direito Warley, à peças que tentam recuperar espaço, sendo esse o caso do zagueiro Vitão, além da utilização de William Alves e Carlos Renato, atletas anunciados ao longo da semana.

"O mais importante era vencer e dar oportunidade à alguns jogadores que não vinham entrando. Era importante o Vitão jogar, foi bem junto ao William Alves, mesmo sem entrosamento. Carlos Renato jogou na última semana pelo Mirassol. Sentiu na parte final do jogo, mas viajou de madrugada. Era importante ser inserido no processo. Quando coloquei o Warley, o jogo não tava definido. Ele acendeu bem nos últimos dias, mas temos que ter muita calma", analisou Leston Júnior.

Duelo contra o CRB

O comandante coral fez questão de ressaltar a importância do trabalho desenvolvido ao longo da Copa do Nordeste, fechando a primeira fase com três vitórias, três empates e duas derrotas, e também avaliou o confronto diante do CRB nas quartas de final. A partida acontece em jogo único, no Arruda, e a previsão é que seja no próximo fim de semana. “É um enfrentamento grande. Nos classificamos numa chave com time de Série A, dois de Série B. Essa classificação mostra que o Santa Cruz tem uma boa base para o Brasileiro, que precisa obviamente ser incrementada”.

E continuou sobre o valor de continuar avançando. “A Copa do Nordeste é a única competição regional no país que pegou e ficou. Depois do Paulistão, é o torneio no primeiro semestre com maior visibilidade no país. Ela une equipes de todas as séries, até os clubes sem divisão", destacou.


Mais Lidas