Classificado

Sport vence o Salgueiro e tem Clássico dos Clássicos na final do Pernambucano


O rubro-negro fez por 3 a 1 diante do maior do público da Ilha do Retiro na temporada e disputa o título contra o Náutico

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 07/04/2019 às 17:56
Brenda Alcântara/JC Imagem
FOTO: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Diante do maior público da temporada na Ilha do Retiro, o Sport venceu o Salgueiro, neste domingo (7), por 3 a 1 e garantiu a vaga na final do Campeonato Pernambucano. Hernane duas vezes, chegando a nove no Estadual, e Ronaldo fizeram os gols do Leão, e Igor João fez o de honra do Carcará. A equipe rubro-negro vai enfrentar o Náutico e realizar pela décima oitava vez um Clássico dos Clássicos na decisão. As finais devem acontecer nos dias 14 e 21 de abril.

Ouça os gols na voz de Aroldo Costa

O jogo

Com o apoio da torcida, o Sport começou indo para cima do Salgueiro, e no primeiro minutos já chegou com cabeça de Hernane. Era o sinal de que o time não queria surpresas. O técnico Sérgio China colocou o time sertanejo para fechar os lados do campo e não deixar o rubro-negro usar a velocidade. Nos 15 primeiros minutos, muitas faltas ocorriam e não deixavam o jogo fluir. E em uma dessas faltas, o Leão foi rápido para abrir o placar. Aproveitando a desatenção do adverário, Luan tocou para o meio da área e Hernane só escorou para as redes. Marcando o oitavo dele, sendo artilheiro isolado do Estadual.

Postura

O Carcará precisou mudar o comportamento defensivo. Passou a pressionar no campo de ataque e aos 22 minutos Maílson saiu jogando errado. Para a sorte dele, Renato Henrique de frente para a meta mandou por cima. A medida em que o tempo passava, os sertanejos tinham mais posse da bola e assustavam os donos da casa. Com 35 minutos, em uma cobrança de falta ensaiada, levaram muito perigo. Depois dessa lance, o confronto ficou novamente truncado. Na reta final da primeira etapa, Guilherme chutou cruzado, depois de um contra-ataque, mas Luan chegou atrasado e por pouco não completou o lance.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, os visitantes foram chegaram primeiro. Novamente, Renato Henrique teve a chance. Só que ele não conseguiu bater cruzado e o goleiro defendeu. Entretanto, o Leão foi certeiro. Depois de um lance de insistência dentro da aréa, Guilherme bate e Gideão defendeu. O rebote ficou com Hernane, que marcou o segundo rubro-negro. Os minutos seguintes foram de uma imposição maior rubro-negra. A equipe sertaneja não apresentava forças para ao menos diminuir o placar.

Esperança e alívio

O futebol não perdoa erros. Leandrinho tentou dar um chapeú e perdeu a jogada. Após o cruzamento pela direita, o zagueiro Igor João balançou as redes e deu emoção a semifinal. A busca pelo empate fez os sertanejos avançarem as linhas de marcação, mesmo com o risco de dar espaço no campo de defesa para o Sport, que chegou duas vezes com perigo e Gideão foi obrigado a defender. Aos 45 minutos do segundo tempo, Ronaldo surpreendeu e cobrou uma falta que passou embaixo da barreira e definiu a classificação do Sport para mais uma decisão de Campeonato Pernambucano. Depois do gol, era só esperar o apito final e comemorar.

Ficha do jogo

Sport: Maílson; Noberto, Rafael Thyere, Adryelson (Renato Oliveira) e Sander; Charles, Ronaldo e Guilherme (Alisson Farias); Ezequiel (Leandrinho), Luan e Hernane.

Salgueiro: Gideão; Guilherme Lucena, Jamerson, Igor João e Kevyn; Bruno Sena, Escuro (Willian Anicete) e Mardley; Renato, Tarcísio (Alison) e Muller Fernandes.

Local: Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE). Horário: 16h. Árbitro: Diego Fernando. Assistentes: Clóvis Amaral e Francisco Chaves. Cartões amarelos: Ronaldo, Charles e Adryelson (Sport); Igor João e Kevin (Salgueiro). Gols: Hernane aos 20' do 1°T e aos 08 do 2°T e Ronaldo aos 45' do 2°T (Sport); Igor João aos 26 do 2°T (Salgueiro). Público: 22.117.


Mais Lidas