Desafio

Sander acredita que Náutico é um parâmetro para a disputa da Série B


Leão segue tendo poucos jogos até o começo da Segunda Divisão e tem agora seu principal desafio na temporada

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 10/04/2019 às 15:45
Divulgação/Sport
FOTO: Divulgação/Sport
Leitura:

O Sport tem neste domingo a final do Campeonato Pernambucano diante do Náutico. Estes dois jogos que disputará contra o Timbu serão os dois maiores testes da equipe rubro-negra para o começo da Série B. Apesar do rival estar na Série C, possui um time qualificado e que ostenta uma invencibilidade de 18 jogos no ano. Número maior que o total de duelos que o Leão teve na temporada, já que a equipe não disputou a Copa do Nordeste e foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil. O elenco encara com seriedade e quer aproveitar como uma prova do que o time poderá fazer na Segunda Divisão.

“Aquele campeonato que se terminou para nós (Copa do Brasil) contra o Tombense já passou. Claro que este jogo agora é um parâmetro importantíssimo para nós. É diferente do campeonato (Brasileiro da Série B). Vai ajudar o professor a entender onde nossa equipe está e vai ter esses parâmetros para o campeonato. Mas o importante agora é o Estadual. É trabalhar nesta semana essas funções que o professor vai passando muito bem. Que a gente possa treinar mais forte para conquistar o título”, comentou o lateral-esquerdo Sander.

Treino

O Sport realizou um treino tático no Centro de Treinamento José de Andrade Médicis na manhã desta quarta-feira, seguindo a sua preparação para a final do Campeonato Pernambucano. O rubro-negro tem mantido seu time base, como é padrão de Guto Ferreira neste início de trabalho no clube. Contudo, a movimentação contou com dois retornos e duas ausências. O zagueiro Adryelson e o lateral-direito Norberto voltaram a trabalhar após serem poupados na terça-feira.

Caso diferente aconteceu com os atacantes Hernane Brocador e Luan, que seguiram de fora. Tudo por conta do desgaste muscular. O comandante do Sport montou a equipe com Mailson; Norberto, Adryelson, Rafael Thyere e Sander; Ronaldo, Charles e Sammir; Ezequiel, Guilherme e Elton. Sammir e Elton assumiram as vagas dos dois jogadores poupados.


Mais Lidas