Confiança

"Temos que dar a vida para sermos campeões", diz zagueiro do Náutico


Diego vem sendo titular e formando a dupla de zagueiros do Náutico ao lado de Camutanga

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 18/04/2019 às 21:16
Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
FOTO: Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Leitura:

A semana do Náutico tem sido de confiança para reverter a vantagem na final do Campeonato Pernambucano obtida pelo Sport, após vencer por 1 a 0 nos Aflitos, no último domingo. No entanto, o baixo desempenho do Timbu na partida ainda repercuti. O Timbu precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão sem a necessidade dos pênaltis.

"A cobrança nunca faltou. Essa semana é crucial, justamente, para que não aconteçam os erros no jogo de domingo, pois não tem mais tempo para errar. Temos que dar a vida para sermos campeões. A diferença é pouco. Um gol. Não tem nada impossível. Estamos treinando firme para sair com o resultado positivo de lá", afirmou o zagueiro Diego.

No entanto, a perda da invencibilidade de 18 jogos veio em um momento decisivo. "Sabíamos que uma hora isso iria acontecer. Não foi salto alto. Tivemos respeito por todas as equipes. Repito que faltou atitude. O Sport teve a felicidade de sair na frente. Que no próximo tenhamos a sorte para conseguimos ser campeões", acredita.

Comportamento

Um ponto crucial na derrota no primeiro jogo foi a falta de imposição, de acordo com o defensor alvirrubro Diego. Ele acredita na reversão do placar, mas, apesar de dize que não faltou vontade em construir o resultado, alertou que o grupo precisa mudar de atitude, se quiser garantir o título.

"Temos que ter mais atitude. Ficou nítido que nas outras partidas tivemos atitude e os resultados aconteceram. Nesse domingo, também não pode faltar. São jogos importantes. Para que não falta nada, temos que ter atitude. Temos totais condições de ganhar o jogo. Vontade nunca faltou", concluiu.


Mais Lidas