Emoção

Santa Cruz reverte vantagem, mas perde nos pênaltis e está fora da Copa do Brasil


O Tricolor do Arruda venceu no tempo normal, por 2 a 0, porém, não conseguiu passar pelo Fluminense durante as penalidades

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 25/04/2019 às 23:51
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Em um jogo emociante, o Santa Cruz venceu durante os 90 minutos, mas não garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil após perder por 3 x 2 nos pênaltis. Com isso, o Fluminense assegurou R$ 2,5 milhões de premiação na competição nacional. A partida marcou o maior público coral na temporada. Foram mais de 25 mil pessoas presentes no estádio do Arruda, na noite desta quarta-feira (25).

Ouça os gols na voz de Aroldo Costa

O jogo

Apoiado pela torcida, o time coral iniciou o jogo com uma marcação alta, fazendo com que a equipe carioca não tivesse tranquilidade na partida. Logo no primeiro minuto, o Santa Cruz reclamou de pênalti em cima de Pipico, durante uma disputa com o zagueiro Nino. Em menos de 10 minutos, o Tricolor do Arruda já chegava em cruzamentos na área. Mas o lance com maior perigo foi uma boa tabela do Fluminense. Luciano frente a frente com o goleiro bateu para fora.

Depois do ritmo acelerado, os cariocas colocaram a proposta de jogo do treinador Fernando Diniz em campo e passaram a tocar a bola. Já o Santa tentava muito na afobação, até que em uma roubada de bola, Augusto chutou forte e a bola bateu no travessão. Augusto teria a chance de se redimir gol perdido, mas, de maneira equivocada, foi marcado impedimento na jogada.

Segundo tempo

Nas primeiras investidas da segunda etapa, o Tricolor das Laranjeiras parecia que a ideia era trocar passes. No entanto, o time não acertava o último passe antes da finalização. A equipe carioca voltou melhor e aos poucos chegava com mais perigo. Aos 12 minutos, Anderson fez uma boa defesa no canto e evitou o gol. A resposta coral veio rápida. Charles acertou o travessão em cobrança de falta e no rebote Pipico atrapalhado pela marcação cabeceou para fora.

Conforme o tempo passava, com os times mais cansados em campo, as oportunidades começavam a aparecer., e aos 27 minutos, Jô bate de primeira, abre o placar e incendeia o Arruda. Pouco tempo depois, Augusto arrancou, o goleiro quase evitou, mas Pipico pegou a sobra e marcou o segundo pernambucano. A partir disso, o desgaste físico dos atletas ficou visível. Muitos jogadores caíram sentidos dores musculares e, naturalmente, os lances de perigo diminuíram. Era só esperar o fim do jogo e decidir nos pênaltis.

Ficha do jogo

Santa Cruz: Anderson; Marcos Martins, João Victor, Willian Alves e Carlos Renato; Charles, Ítalo Henrique e Patrick Vieira (Guilherme Queiroz); Dudu (Jô), Augusto (Elias Carioca) e Pipico. Técnico: Leston Júnior.

Fluminense: Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique (Léo Artur); Airton, Bruno Silva e Allan; Everaldo, Luciano e Yony (Pedro). Técnico: Fernando Diniz.

Local: estádio do Arruda, Recife-PE. Horário: 21h30. Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP). Assistentes: Vitor Carmona Metestaine e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP).

Gols: Jô aos 27 e Pipico aos 30 do 2'T; Cartões amarelos: Pipico e Willian Alves(S); Airton e Caio Henrique.

Local: Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE). Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG). Assistentes: Kléber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Alessandro Rocha Mattos (FIFA-BA). Público: 25.802


Mais Lidas