SÉRIE C

Técnico do Santa Cruz admite oscilação diante do Treze pela Série C


No empate contra o Treze, o Santa Cruz deixou o primeiro tempo perdendo por 2x0

Fellipe Leandro
Fellipe Leandro
Publicado em 29/04/2019 às 23:46
Rodrigo Baltar / Santa Cruz
FOTO: Rodrigo Baltar / Santa Cruz
Leitura:

O técnico Leston Júnior admitiu a oscilação e queda de produção do Santa Cruz no empate em casa diante do Treze. Ele frisou que não foi a primeira que isso aconteceu nesta temporada após o alto rendimento no jogo anterior. Na última quinta-feira, os tricolores ganharam por 2x0 do Fluminense pela quarta fase da Copa do Brasil (perderam o desempate nos pênaltis).

“Nos grandes jogos, sempre jogamos mal o confronto seguinte. Essa oscilação vem acontecendo, mas não é sempre até porque não temos partidas grandes direto. Aconteceu depois de enfrentar o Náutico, Ceará e ABC. Hoje (segunda-feira) o Treze teve o mérito de aproveitar. Assim como no duelo diante do Fluminense, rezamos para acabar o primeiro tempo”, afirmou o comandante.

CORREÇÃO

Os gols corais em cima do Treze foram marcados pelos atacantes Neto Costa e Guilherme Queiroz, que foram acionados durante a partida pelo treinador do Santa. “Até criamos algumas oportunidades no primeiro tempo, mas foi de forma desorganizada. Propiciamos algumas chances de contra-ataque ao adversário. Mas faz parte do futebol. Primeiro temos que comemorar o ponto pelo contexto e trabalhar para corrigir o que é necessário”, disse Leston. “Só sentimos esse desgaste porque começamos o jogo perdendo por 2x0”, finalizou.


Mais Lidas