FUTEBOL

“Está existindo uma resistência muito grande contra os técnicos brasileiros” diz Luxemburgo


O pentacampeão brasileiro debateu vários assuntos em uma entrevista exclusiva para a Rádio Jornal

João Victor Amorim
João Victor Amorim
Publicado em 05/05/2019 às 19:29
Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

O Campeonato Brasileiro da Série A teve início no dia 27 de abril e o técnico, atualmente sem clube, Vanderlei Luxemburgo, de 66 anos deu uma entrevista exclusiva para a Rádio Jornal para falar sobre a competição. O pentacampeão brasileiro pelo Palmeiras (93 e 94), Corinthians (98), Cruzeiro (2003) e Santos (2004) falou sobre o formato de disputa da competição, táticas que estão sendo utilizadas atualmente e sobre o favoritismo de alguns clubes para vencer a Série A.

Desde 2003 o Campeonato Brasileiro é disputado no formato de pontos corridos, onde todos os 20 clubes se enfrentam em turno e returno. O técnico Vanderlei Luxemburgo fala se prefere um campeonato brasileiro em formato de mata-mata ou pontos corridos.

“O Campeonato Brasileiro é muito difícil de ganhar. É a competição mais disputada do mundo, com 12 grandes clubes e mais oito clubes que são tradicionais. E eu acho essa fórmula de competição mais justa do que o mata-mata que um dia você pode acordar mal, ter três jogadores que jogaram mal, podem estar doentes e por esses motivos os clubes podem perder a competição. Por isso eu prefiro os pontos corridos porque premia o time com melhor performance ao longo do campeonato ”, afirmou o pentacampeão brasileiro.

[PUBLICIDADE]

Brasileiro 2019

O Brasileirão Série A 2019 começou recentemente, mas clubes como Palmeiras e Flamengo já possuem o status de favorito para vencer a competição pelos elencos que já possuem e por seus poderes de investimento. Vanderlei diz se possui algum outro clube que tenha condições de desbancar os favoritos.

“O Corinthians é um clube que possui a força da torcida e jogar em casa é uma ótima vantagem e o Corinthians consegue ter um mando de campo forte. O Atlético MG que também tem uma torcida presente quando joga no Estádio Independência fica muito forte. Então para mim essas são as equipes mais fortes”, afirmou Vanderlei Luxemburgo.

Sampaoli e suas táticas

Muitos elogios estão sendo feitos para o treinador bicampeão da Copa América, Jorge Sampaoli, que atualmente comando o Santos. O argentino está sendo bastante exaltado por aplicar treinamentos e táticas modernas. O pentacampeão brasileiro não considera que as táticas aplicadas pelo treinador santista sejam modernas.

“O Santos tem um DNA ofensivo. Qualquer treinador que chega ao clube não pode fazê-lo jogar defensivamente. Ele foi jogar contra o Grêmio e escalou o time com três zagueiros. O Brasil foi tricampeão do mundo atuando com três zagueiros. Então é uma novidade Sampaoli jogar com três zagueiros? E Murici era o que? Retranqueiro? No pós-Copa do Mundo está existindo uma resistência muito grande contra as qualidades dos técnicos brasileiros, mas os treinadores do país têm qualidades” afirmou Vanderlei.

Vanderlei Luxemburgo falou também sobre vários outros assuntos como sua saída do Sport, último clube, em que comandou em sua carreira até a publicação desta matéria, afirmou que tem uma data limite que pode encerrar e falou também sobre a seleção brasileira e as polêmicas em torno de Neymar.

Confira um trecho da entrevista com Vanderlei Luxemburgo:


Mais Lidas