Campeonato Brasileiro

Sport sai atrás do placar, mas busca empate diante do Bragantino fora de casa


O time rubro-negro ainda não venceu na Série B. São dois empates, pelo mesmo placar de 1 a 1 nos dois jogos do Campeonato Brasileiro

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 06/05/2019 às 21:55
Divulgação / Bragantino
FOTO: Divulgação / Bragantino
Leitura:

O Sport foi até a Bragança Paulista e empatou em 1 a 1 com o Bragantino, na noite desta segunda-feira (06), pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Mesmo jogando metade do segundo tempo com um jogador a menos – Guilherme Lazaroni foi expulso, aos 27 minutos - , o rubro-negro segurou o resultado e acumulou o segundo empate na competição. A próxima partida do Leão é contra o Figueirense, na Ilha do Retiro, às 16h30, no sábado.

Ouça os gols na voz de Aroldo Costa

O inicio de jogo era bem movimentado e logo aos quatro minutos Matheus Peixoto acionou a lei do ex e abriu o placar, depois de contar uma falha do goleiro Maílson, que não segurou o chute fraco no meio do gol. Atrás no resultado, a equipe rubro-negra respondeu com os lances em que Guilherme bateu colocado para a defesa do goleiro Júlio Cesar e depois Ezequiel livre na pequena área escorou o cruzamento para fora.

A partida era boa. Os dois times procuravam o ataque e as oportunidades apareciam. Não foi por acaso que, aos 22 minutos, Ezequiel e Hernane tabelaram dentro da área e empataram o jogo para o Leão. Com o passar do tempo, o duelo passou a ser de troca de passes pelo meio de campo até encontrar espaços para conseguir a infiltração.

O volume de jogo do Sport, com boa movimentação do setor ofensivo, levava mais perigo que o Bragantino. No entanto, o segundo gol poderia sair para qualquer lado. O ritmo dois times foi intenso até o fim da primeira etapa. O empate, por enquanto, era um resultado justo.

Segundo tempo

A expectativa para o segundo tempo era alta. Só que ocorreram muitas faltas nos primeiros minutos e, com isso, a partida ficava parada na maior parte do tempo. Aos poucos, os lances voltavam. O lance mais perigoso foi aos 16 minutos, quando Ytalo livre no centro da área perdeu a chance do desempate.

O time paulista aparentava está melhor fisicamente e ficava mais tempo com a bola, mas a partida só tomou outro rumo quando o árbitro expulsou o lateral-esquerdo Guilherme Lazaroni, aos 26 minutos, depois de uma dividida com Wesley.

Mesmo com a expulsão, o Sport conseguiu manter um bom posicionamento e não deixava o adversário criar oportunidades de gol. O tempo passava e a partida estava em um ritmo lento. Enquanto o Bragantino trocava passes sem objetividade, o rubro-negro pernambucano conseguiu parar as ações do adversário e volta para o Recife com um ponto na bagagem.

Ficha do jogo

Bragantino: Júlio Cesar; Pedro Naressi (Vitinho), Ligger, Anderson Marques e Rafael Silva; Barreto, Uillian Correia e Bruno Tubarão (Thiago Ribeiro); Osman, Ytalo e Matheus Peixoto (Wesley).

Sport: Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Guilherme Lazaroni; Charles, João Igor (Yago) e Sammir (Raul Prata); Ezequiel, Guilherme e Hernane (Élton).

Gols: Mathues Peixoto aos 4 do 1'T (B) e Hernane aos 22 do 1'T; Cartões amarelos: Anderson Marques, Uillian Correia, Barreto, Osman e Thiago Barreto (B), Maílson e Guilherme (S); Cartão vermelho: Guilherme Lazaroni (S). Público: 8.200; Renda: R$ 76.300.


Mais Lidas