SANTA CRUZ

"Nós sofremos muito", afirma Leston Júnior após novo empate tricolor


Para o técnico tricolor, a equipe vem de um jogo muito intenso contra o Fortaleza, pela Copa do Nordeste, o que prejudicou o desempenho do time

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/05/2019 às 22:37
 Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Esse é o pior início de Série C do Santa Cruz! O time ainda não conseguiu nenhuma vitória na competição. E nesta segunda-feira (13), diante do Botafogo-PB, em João Pessoa, o time manteve a escrita, volta pra casa com mais um empate e segurando a lanterna do Grupo A. O tricolor saiu na frente do placar, mas cedeu o empate ainda no primeiro tempo. O marcador permaneceu em 1x1 até o final. Com poucas chances para a cobra coral abrir vantagem sobre os paraibanos.

Na avaliação do treinador Leston Júnior, esse resultado era esperado a partir do momento em que o time fez 1x0 aos cinco minutos de jogo. O desgaste do time, que na semana passada havia duelado com o Fortaleza, em partida válida pela semifinal da Copa do Nordeste, foi um importante fator para o baixo aproveitamento do Santa na partida.

"Tínhamos a expectativa disso acontecer. Principalmente depois de fazer um gol com cinco minutos. Quando você faz um gol com cinco minutos, contra um time que se lança muito pra frente, como o Botafogo-PB, você vai ficar confortável pra daqui a pouco caprichar numa sequência de passes, e você vai morrer lá dentro do gol. O problema é que depois do gol, nós ensaiamos umas duas ou três bolas, só que aí tem uma circunstância que era no setor onde tava mais mexido. Com dois jogadores estreando sem treinar com o time. Isso era uma situação que a gente sabia que ia acontecer. Eu tinha que queimar esse ataque. Na sequência o jogo ficou controlado. Nós sofremos muito. Muito em função do desgaste no jogo contra o Fortaleza. Pra gente fazer aquele nível de jogo acabou exigindo muito", afirmou.

Para ele, tudo o que a equipe sofreu em jogos passados, ficou pra trás. Com um jogo por semana, o Santa tem condições de melhorar a colocação na tabela. "Agora acabou a maratona. Hoje se encerrou a maratona de jogos do Santa Cruz na temporada. Tudo o que nós sofremos antes, agora a gente não sofre tanto. É um jogo por semana. E aí a gente vai ter condição de fazer os seis pontos em casa e ficar numa condição melhor na classificação", avaliou o técnico.

Estreias

À noite também de estreia para dois novos reforços do Santa: o atacante Misael e o meia Everton. Os jogadores, apesar de não estarem treinando junto com os outros, foram acionados no time titular pela primeira vez. Leston ressaltou que precisava queimar etapas e acredita que ambos podem ajudar muito ainda durante a temporada.

"Primeiro porque eles foram contratados para elevar o nível. E o jogador que tem o mesmo nível que eles dois tem se eles entram desde o início, tem uma chance maior de fazer um jogo equilibrado, mesmo sem ter treinado com os outros. Porque no começo do jogo as equipes estão melhor ajustadas. A medida que o jogo vai passando, você vai pelo desgaste, pelas alternâncias de substituições, você vai desarticulando. E utilizá-los no decorrer do jogo poderia tirar deles a condição de pegar o time melhor ajustado e aí assim a capacidade técnica dos dois aflorar. Era o que a gente podia exigir deles. E futebol é feito de assumir riscos. E eu assumi o risco de sem eles terem treinado com a equipe, utilizá-los pra que a gente pudesse acelerar esse processo de conhecimento, pra que eles possam nos ajudar bastante na temporada", finalizou.

OUÇA A COLETIVA NA ÍNTEGRA:


Mais Lidas