série c

Sem treinador, Santa Cruz encara semana de recomeços


Santa Cruz demitiu o treinador Leston Júnior após empate por 3x3 diante do Sampaio Corrêa

Publicado em 20/05/2019 às 10:25
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A semana será de recomeços no Santa Cruz. Enquanto a diretoria coral busca novo nome para vaga de Leston Júnior, demitido na madrugada de domingo, os jogadores tentam se refazer do empate por 3x3 contra o Sampaio Corrêa, no Arruda. O resultado da partida válida pela quarta rodada da Série C acabou sendo o estopim para o desligamento do treinador. Além de ainda não ter vencido no Brasileiro, a Cobra Coral está na lanterna do Grupo A, com três pontos.

Chama atenção, inclusive, a dificuldade da equipe em aproveitar o mando de campo para somar os três pontos. Na estreia, o Santa ficou na igualdade por 2x2 com o Treze. Depois, perdeu para o Ferroviário, por 3x0, no Castelão, e empatou com o Botafogo-PB, por 1x1, no Almeidão. No último sábado, o novo empate, desta vez com o Sampaio, depois de ter estado três vezes à frente do placar, aumentou o desgaste de Leston, que não resistiu no cargo.

O Santa Cruz usou a rede social Twitter para anunciar oficialmente o desligamento do treinador e do auxiliar Fernando Alves. Também agradeceu os serviços prestados pelos profissionais e desejou boa sorte a ambos. Leston comandou o Santa em 30 jogos, entre duelos do Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série C do Campeonato Brasileiro, com 11 vitórias.

Nos bastidores do clube do Arruda, já começam a circular alguns nomes para a vaga deixada pelo ex-comandante tricolor. Um deles é o de Roberto Fonseca, que estava no Londrina. Ele pediu demissão do clube paranaense em abril, depois que a equipe foi goleada por 4x0 pelo Bahia, em duelo da ida da quarta fase da Copa do Brasil.

Outra possibilidade que estaria sendo averiguada pela diretoria do Santa Cruz seria o nome de Márcio Goiano. O treinador foi desligado do Náutico no último dia 12, pouco antes de completar um ano à frente da equipe alvirrubra.
Enquanto aguardam a chegada do novo comandante, os atletas corais refletem sobre o que precisam melhorar para que o Santa Cruz dê uma guinada neste começo de Série C. O grupo vai ter uma semana para tentar corrigir os erros mais recorrentes, já que o time só volta a entrar em campo no sábado. O jogo será novamente no Arruda, contra o ABC, às 19h15, pela 5ª rodada.

“Houve alguns erros da arbitragem, tiveram outros erros nossos. A gente precisa ganhar em casa, não podemos desperdiçar pontos em casa”, destacou o zagueiro William Alves, frisando a questão da arbitragem verificada no jogo contra o Sampaio Corrêa, no último sábado.

Já Pipico chamou atenção para a fragilidade do sistema defensivo. “Fazemos gols, mas não conseguimos manter o placar. Agora tem que ver o que vai fazer, consertar. Temos mais um jogo em casa. Vamos fazer o impossível para reverter essa situação”, afirmou.

DIANTE DO ABC

Para o duelo diante do ABC, a equipe pode ganhar reforços, entre eles o meia Celsinho (contratado há pouco tempo) e o atacante Dudu (na transição). Ambos devem começar a semana trabalhando com bola. Já o zagueiro Danny Morais, o meia Patrick Vieira, o atacante Jô e os volantes Lorenzi e Allan Dias seguem no Departamento Médico. Os três primeiros não têm previsão de liberação.


Mais Lidas