Acerto de contas

Sport confirma acerto verbal de dívidas e sinaliza permanência de Brocador

Repactuação de dívidas do Sport com Brocador deve ser anunciada brevemente; artilheiro pode permanecer na Ilha até 2020

Publicado em 27/05/2019 às 17:09
Bobby Fabisak/JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

A permanência do atacante Hernane Brocador no Sport está próxima de ser selada. O artilheiro em 2019 do Leão, com 14 gols em 18 jogos, retornou ao clube leonino na reta final da última temporada e reencontrou a boa fase neste ano, sendo um dos principais nomes do plantel até aqui. No entanto, a permanência do jogador na Ilha do Retiro passa por um acerto de contas. Referente aos salários atrasados da temporada passada, o clube tem uma dívida superior a R$ 600 mil com o atleta, dívida essa que foi assumida pela atual gestão rubro-negra.

No entanto a repactuação das dívidas parece estar próxima. O diretor de futebol do Sport, Nelo Campos, garantiu que um acordo verbal já existe entre o clube e Hernane, faltando apenas a parte jurídica transferir esse acordo para o papel.

"Ele vem negociando essa repactuação de dívidas. Em termos financeiros está negociado. Só não está assinada a repactuação pois os advogados estão tratando de colocar o acordo verbal para o papel. Queremos o mais rápido possível isso no papel. O contrato de Hernane tem uma cláusula que é prevista uma renovação para 2020. Essa cláusula será mantida. Estamos fazendo uma repactuação somente da dívida, ele vai alongar a dívida. O que ele tinha atrasado que ficou da gestão anterior e o que esse ano a gente não pode pagar a ele. Dentro da receita que a gente tem não podemos assumir o que o contrato dele rege, e a gente vai fazer uma repactuação, que já está verbalmente acertada", disse Nelo Campos em entrevista ao repórter Antônio Gabriel, do Escrete de Ouro da Rádio Jornal.

Permanência por vontade própria

O dirigente também ressaltou que Hernane está no Sport por vontade própria e que, quando recebeu propostas de outros clubes, repassou para o clube. "Mesmo quando não estava acertada ele usou do maior caráter possível, passou para nós todas as propostas que recebeu. O mais rápido possível os nossos advogados vão conseguir acertar isso, para que Hernane não tenha prejuízo também, o que não é justo. Quero ressaltar o caráter e a vontade de jogar no Sport que Hernane tem. Temos que elogiar na hora certa. Ele está no Sport por vontade dele. Nossa diretoria assumiu o clube com uma dívida com ele e com um salário que não poderíamos pagar".

Mais Lidas