Retorno

"Fico feliz em ter voltado", afirma Jefferson, após reestreia pelo Náutico


O goleiro não atuava com a camisa alvirrubra desde janeiro de 2018 e retornou jogando no mesmo estádio

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 10/06/2019 às 22:58
Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
FOTO: Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Leitura:

A vitória do Náutico sobre o Sampaio Corrêa, por 2 a 1, na noite desta segunda-feira (10), no Castelão, teve um sabor especial para o goleiro Jefferson, pois, no dia 31 de janeiro de 2018, ele sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda, na partida contra o Cordino, pela Copa do Brasil, que marcou uma mudança na carreira. Com o período inativo, o jogador perdeu espaço e foi negociado por empréstimo para Atlético-GO e Joinville-SC, mas o destino combinou que a volta ao Timbu fosse, justamente, no mesmo estádio.

Na época, Bruno ocupou a lacuna e foi titular no restante da temporada. Dessa vez, a situação de inverteu. Devido a uma lesão na panturrilha esquerda, o então 'camisa 1' virou um problema para o técnico Gilmar Dal Pozzo, mas ganhou o retorno de Jefferson, após rescisão de contrato com o time catarinense, já eliminado da Série D. O detalhe é que ambos são revelações da base alvirrubra.

"Estou muito emocionado porque meu último jogo pelo Náutico foi aqui (no Castelão). Infelizmente, eu saí com uma lesão e depois de um ano e meio eu fico feliz em ter voltado. Agradeço aos meus familiares e a todos os companheiros. É apenas o inicio. Vamos trabalhar e descansar", comentou Jefferson.

Artilheiros do jogo

O resultado positivo contra o time maranhense colocou o alvirrubro de volta ao G-4 do grupo A da Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro. A equipe pernambucana balançou a rede uma vez em cada tempo e teve compactação defensiva para segurar o resultado. "A gente pode fazer um bom primeiro tempo, escutamos o treinador no intervalo e voltamos para o segundo tempo acesso e ligado para no contra-ataque matar o jogo", disse o atacante Thiago, autor de um dos gols do confronto.

Além disso, o Náutico acumula a quinta partida sem derrota, tendo marcado o dobro do número de gols que levou (seis contra três). Principal referência no ataque, Wallace Pernambucano marcou de pênalti e chegou ao terceiro gol na competição nacional. No decorrer da partida, ele afirma que passou mal e pediu para sair. "Eu estava passando antes do começo do jogo, mas tentei ajudar a equipe da melhor maneira possível e agora é trabalhar para o próximo jogo (diante do Botafogo-PB, nos Aflitos", diz o atleta.


Mais Lidas