Com contrato até dezembro, Magrão pensa em antecipar aposentadoria

Magrão tem 42 anos e, no inicio da temporada, perdeu a posição de titular para o prata da casa Maílson

PLANOS
Com contrato até dezembro, Magrão pensa em antecipar aposentadoria

Magrão é o jogador mais vitorioso do Sport com dez títulos conquistados em 14 anos de clube - Foto: Acervo/JC Imagem

Com informações do JC Online

Jogador mais vitorioso do Sport com dez títulos conquistados e considerado o maior atleta da história do clube, o goleiro Magrão cogita antecipar a sua aposentadoria. De acordo com informação obtida pela reportagem do Jornal do Commercio, mesmo com contrato até dezembro com o Leão, o veterano de 42 anos estaria pensando em aproveitar essa paralisação da Série B para encerrar a carreira.

Segundo apuração do JC, Magrão estaria planejando morar na Itália com a família, já que ele tem cidadania italiana e o seu filho mais velho, Lucas Beti, que é lateral-direito, atua na equipe amadora do Valgatara-ITA. De acordo com informações obtidas pelo JC, o goleiro também deseja que o seu filho mais novo, Rafael Beti, siga com ele para a Europa. E, inclusive, já teria até um clube da Itália interessado em receber o caçula de Magrão, que também atua como goleiro do sub-17 do São Paulo - o clube paulista estaria dificultando a saída.

Lembrando que a filha de Magrão é formada em Direito e também mora na Europa. Gabriela Beti está em Portugal, cursando uma pós-graduação, e com essa possível mudança dos pais ficaria mais próxima da família - o que também estaria pesando na decisão.

Procurado pela nossa reportagem, o presidente do Sport, Milton Bivar, desconversou sobre o assunto e disse não acreditar na possibilidade de Magrão se aposentar antes do término do contrato. "Não creio nisso. Ele (Magrão) não chegou a conversar comigo, mas não acredito nisso", declarou o mandatário leonino.

Leia mais no JC Online

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.