Clássico das Emoções vai 'testar' o gramado do Arruda

A partida marca também uma luta pelo G-4 do grupo A da Série C. Enquanto o Tricolor busca a manutenção, o Náutico tenta chegar entre os quatro melhores

CLáSSICO DA EMOçõES
Clássico das Emoções vai 'testar' o gramado do Arruda

Milton Mendes e Gilmar Dal Pozzo travaram duelo quando passaram pelo futebol pernambucano em 2016. - Foto: Bobby Fabisak e Léo Lemos

Com informações do JC Online

O quarto Clássico das Emoções protagoniza neste sábado o fim do primeiro turno do objetivo principal de Santa Cruz e Náutico. Os rivais se encontram pela quarta vez na temporada, às 18h, no estádio do Arruda, na 9ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. A grande polêmica que cercou o confronto foi a situação do gramado do estádio José do Rego Maciel. Apesar da liberação da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a reportagem do Jornal do Commercio esteve no campo e conferiu de perto que ainda não existe a condição ideal para a prática de futebol. A evolução aconteceu de forma pequena na aparência após os reparos realizados pelo clube, que tomou providências depois do último jogo em casa na vitória em cima do Confiança há duas semanas. 

“Um clássico sempre é um jogo diferente. A rivalidade entre as torcidas aumenta. Procurei passar para os jogadores a importância de jogar dentro do nosso estádio. Conhecemos exatamente como é o nosso campo, o nosso gramado, confio bastante nos meus jogadores. Conheço bem Dal Pozzo, ele procura organizar as equipes. Porém, dentro do nossa casa temos que impor nosso ritmo”, afirmou o treinador coral Milton Mendes.

Transmissão

A Jornada Esportiva da Rádio Jornal começa logo depois da partida entre Brasil e Peru, pela Copa América. A narração é de Aroldo Costa, comentários de Ralph de Carvalho e reportagens de Antônio Gabriel e João Victor Amorim. O Plantão Esportivo e Resumo Final fica sob o comando de Marcelo Araújo.

Times

O clássico de deste sábado também marca o reencontro dos técnicos Milton Mendes e Gilmar Dal Pozzo novamente pela Cobra Coral e o Timbu, respectivamente. Em 2016, na primeira passagem dos comandantes pelo clube, o tricolor levou a melhor nos dois confrontos das semifinais do Estadual.

“É só uma coincidência. O enfrentamento é entre Náutico e Santa Cruz, não é na individualidade. Acompanhei a sequência boa na carreira do Milton Mendes, depois daquele ano, a minha também tomou outros rumos, mas é só uma coincidência. Vai vencer o clássico que tiver melhor, mais concentrado, quem aplicar os melhores princípios no jogo, e os técnicos com respectivas características, cada um com uma estratégia, então vai ser um duelo tático também”, disse Dal Pozzo.

Na escalação, o Santa Cruz terá três mudanças. Com Carlos Renato e Bruno Ré no departamento médico, Milton Mendes vai improvisar o lateral-direito Cesinha no lado esquerdo. A grande novidade será o meia Daniel Costa, na vaga do atacante Misael. Assim, Dudu avança para o pelotão de frente. Além disso, o volante Charles retorna depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Caso não tenha nenhum problema de última hora, o Náutico vai repetir a mesma escalação pela primeira vez desde que Dal Pozzo assumiu o comando. Desfalques contra o Sampaio Corrêa, o volante Jhonnatan e os atacantes Matheus Carvalho e Rafael Oliveira voltam a ser opções e começam o jogo no banco de reservas. Recém-contratado, o lateral-esquerdo Erick Daltro foi regularizado e deve ser relacionado para o jogo.

Ficha do jogo

Santa Cruz: Anderson; Marcos Martins, João Victor, Willian Alves e Cesinha; Charles, Ítalo Henrique e Daniel Costa; Everton, Dudu e Pipico. Técnico: Milton Mendes.

Náutico: Jefferson; Hereda, Fernando Lombardi, Camutanga e Wilian Simões; Josa, Luiz Henrique e Danilo Pires; Neto Pessôa, Thiago e Wallace Pernambucano. Técnico: Gilmar Dal Pozzo. 

Local: estádio do Arruda, Recife-PE. Horário: 18h. Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO). Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Edson Antônio de Sousa (ambos de GO). Ingressos: R$ 15 a R$ 80 mandantes. R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia) visitantes.