Série C

Torcida comparece em bom número, mas Santa Cruz perde para o Ferroviário-CE


Com a derrota por 2 a 0, o Santa Cruz deixou escapar a chance de se aproximar da liderança da Série C, enquanto o time cearense aumenta a vantagem

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 05/07/2019 às 22:10
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

A torcida do Santa Cruz atendeu o chamado da direção, após campanha publicitária “Ou você é cobra, ou tem medo dela”, e compareceu em peso ao Arruda para apoiar o time, mas os visitantes estragaram a festa programada. A Cobra Coral perdeu por 2×0 para o Ferroviário-CE, nesta sexta-feira, pela 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados pelo volante Mazinho e o atacante Isaac Prado. Um confronto que nada deu certo para os donos da casa, principalmente no setor ofensivo, que não conseguiu sair da forte marcação do Ferrão.

Com o resultado, o Santa permanece na terceira colocação do Grupo A com 16 pontos até o m da rodada que acaba na próxima segunda-feira. Já os cearenses dispararam na liderança com 23. O próximo jogo dos pernambucanos está marcado para o domingo da semana que vem diante do Botafogo-PB também dentro de casa

Ouça os gols na voz de Aroldo Costa

O jogo

Dono da casa e com o apoio da torcida, o Santa Cruz começou a partida com a tradicional pressão nos primeiros minutos. O líder Ferroviário suportou bem e também respondeu. Até criando melhores chances que os mandantes. Na primeira oportunidade, o meia Janeudo colocou o goleiro coral Anderson para trabalhar em jogada individual pelo lado esquerdo da grande área. Pouco tempo depois, foi a vez do atacante Caxito bater na saída do arqueiro, que realizou nova grande defesa.

Apesar da vontade e maior volume de jogo, os tricolores encontraram dificuldade para furar o sistema defensivo dos cearenses. Principal responsável pela armação, o meia Daniel Costa ficou preso na marcação. Assim, o maior fluxo das jogadas ficou nas laterais. Tanto que o técnico Milton Mendes recuou o volante Charles para jogar como terceiro zagueiro e adiantou os alas Cesinha e Bruno Ré, mas não deu certo.

Depois do intervalo, o Santa seguiu com dificuldade na criação, e consequentemente, sem encontrar espaços no ataque. Para aumentar a dinâmica do pelotão de frente da casa, o técnico Milton Mendes promoveu a reestreia do meia Jailson, na vaga de Daniel Costa, e puxou o atacante Dudu para o meio-campo logo nos primeiros minutos da etapa final. Já o Ferrão manteve a postura defensiva e ficou no aguardo do contra-ataque.

E quando conseguiu encaixar, deu um bote na Cobra Coral. Aos 25 minutos, os tricolores perderam a bola no setor ofensivo. O ataque do Ferroviário aproveitou e não demorou invadir a grande área de Anderson. Isaac Prado recebeu pelo lado direito e soltou o pé para o fundo da rede. Precisando da vitória para não ver o adversário disparar na liderança, os donos da casa foram para o tudo ou nada.

Empurrado pela torcida, que compareceu em grande número, o Santa Cruz conseguiu criar dois lances claros para empatar. Em boa troca de passes, o atacante e artilheiro Pipico invadiu a grande área e bateu em cima do goleiro Nícolas. Depois, em bola alçada na área, o zagueiro Danny Morais acertou bela cabeçada e também parou no arqueiro adversário. Mas não teve jeito. A noite não foi coral. Aos 39, após cobrança de falta, o volante Mazinho marcou o segundo do Ferroviário.

Santa Cruz: Anderson; Cesinha (Marcos Martins), João Victor, Danny Morais e Bruno Ré; Charles, Marcelo Mattos e Daniel Costa (Jailson); Everton (Augusto), Dudu e Pipico. Técnico: Milton Mendes.

Ferroviário-CE: Nícolas; Osvaldir (Esquerdinha), Afonso, Da Silva e Michel; Mazinho, Leanderson, Lucas Mendes e Janeudo (Juninho Arcanjo); Caxito (Luiz Fernando) e Isaac Prado. Técnico: Leandro Campos.

Local: estádio do Arruda, Recife-PE. Árbitro: Ronei Candido Alves (MG). Assistentes: Luiz Antonio Barbosa e Magno Arantes Lira (ambos de MG). Gols: Isaac Prado aos 25? do 2ºT e Mazinho aos 39? do 2ºT. Cartões amarelos: Charles (Santa Cruz). Osvaldir, Da Silva (Ferroviário-CE). Público: 25.084 torcedores. Renda: R$ 339.527,80


Mais Lidas