vitória

Náutico vence o líder da Série C, fora de casa, e encosta no G-4


O Timbu chegou aos 18 pontos, mesma pontuação do Imperatriz-MA, e perde no saldo de gols

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 15/07/2019 às 21:50
Léo Lemos/ Clube Náutico Capibaribe
FOTO: Léo Lemos/ Clube Náutico Capibaribe
Leitura:

O Náutico tinha uma missão difícil diante do Ferroviário, líder do grupo A da Série C, na Arena Castelão, mas conseguiu um resultado expressivo ao vencer por 1 a 0, com gol de Matheus Carvalho, nos acréscimos do segundo tempo, na noite desta segunda-feira (15). O resultado deixa o Timbue na 5ª colocação, com 18 pontos, assim como o Imperatriz-MA, ficando fora do G-4 por causa do saldo de gols. Na próxima rodada, os alvirrubros vão jogar contra o lanterna Treze-PB, nos Aflitos, sendo a grande oportunidade para ficar entre os quatro melhores.

Ouça o gol na voz de Aroldo Costa

O jogo

O começo de jogo foi com a equipe do Ferroviário buscando impor a principal característica em campo: velocidade. Já o Náutico, quando tinha a bola, trocava passes mais curtos e acelerava a jogadas em poucos momentos. A partida era um contraste entre rapidez e paciência. Aos poucos, o Timbu começou a ter o controle da partida e não sofria riscos com um sistema de marcação encaixado, porém, o domínio não era revertido em finalizações.

Aos 25 minutos, os alvirrubros reclamaram que Danilo Pires foi empurrado na área e pediram pênalti, mas a arbitragem mandou o lance seguir. Conforme o tempo passava, a falta de um lance perigoso contundente era o 'calo' dos pernambucanos na partida. Apesar disso, continuavam melhor em campo. O time cearense assustou apenas aos 39 minutos do primeiro tempo em um chute de Juninho Arcanjo por cima do gol. A reposta vem com Thiago que arranca livre, entra na área, mas o chute sai errado e passa à direita.

O próximo jogo do Náutico é contra o Treze-PB, nos Aflitos, no domingo (21), às 18h.
O próximo jogo do Náutico é contra o Treze-PB, nos Aflitos, no domingo (21), às 18h.
Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe

Segundo tempo

Logo no primeiro minuto, Wallace Pernambucano fica frente a frente com o goleiro e Nícolas defende com o pé. Era um lance que na boa o atacante não desperdiça. O lance fez o Ferroviário 'acordar' e mudar a postura em campo, tanto que, em jogada individual, Caxito acertou a trave direita de Jefferson, aos sete minutos. E o perigo para o Náutico era, justamente, com o atacante no lado esquerdo. Precisava de atenção.

Com muitas faltas no meio de campo, o ritmo da partida caiu. O Náutico parecia confortável em campo, por causa do fraco desempenho ofensivo do Ferroviário. A reta final continuou de maneira mais 'morna', diante do desgaste físico dos atletas. Diante disso, as chances de gols eram raras e o placar em branco era a tendência. No entanto, durante os acréscimos, Matheus Carvalho acerta um belo voleio para abrir o placar.

Ficha do jogo

Ferroviário: Nícolas; Jean Henrique (Isaac Prado), Afonso, Da Silva e Michael; Mazinho, Leanderson (Esquerdinha), Juninho
Arcanjo (Juninho Potiguar) e Janeudo; Jeferson Caxito e Edson Cariús. Técnico: Leandro Campos.

Náutico: Jeerson; Hereda, Rafael Ribeiro (Diego Silva), Camutanga e Willian Simões; Jiménez, Danilo Pires (Jhonnatan) e Matheus Carvalho; Jeerson Nem (Álvaro), Thiago e Wallace Pernambucano. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE). Horário: 20h. Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES). Assistentes: Fabiano
da Silva Ramires e Katiuscia Berger Mendonça (ambos do ES). Gol: Matheus Carvalho aos 46' do 2ºT. Cartões amarelos: Juninho Arcanjo Janeudo e Michael (Ferroviário); Matheus Carvalho (Náutico).


Mais Lidas