Números

Sport tem uma das piores pontarias da Série B


Guilherme é o jogador que mais desperdiça chances na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 24/07/2019 às 17:16
Anderson Esteves/Sport Club do Recife
FOTO: Anderson Esteves/Sport Club do Recife
Leitura:

Desde o início da Série B, o Sport vem se mantendo na parte de cima da tabela. Sendo que não é só no quesito pontuação. A equipe rubro-negra é uma das que mais finaliza na competição (3ª, com 154 chutes). Entretanto, por outro lado, é a quarta que mais finaliza errado. De acordo com o Footstats (site especializado em estatísticas futebolísticas), dos 154 chutes dados pelo time leonino na Segundona, apenas 53 foram na barra e 101 foram desperdiçados. O Cuiabá finalizou 108 chutes pra fora; o Vila Nova, 106; e o América-MG, 102.

Contra o Brasil de Pelotas, na última segunda-feira (22), o Sport abusou de perder chances de gol. No duelo contra os gaúchos, os rubro-negros finalizaram 24 vezes, sendo apenas seis na barra do goleiro Carlos Eduardo, que fez três defesas consideradas difíceis na avaliação do Footstats.

Mesmo atuando lá atrás, o zagueiro Adryelson reconhece que o Sport precisa caprichar mais na hora da finalização para que a equipe volte a vencer na Segundona. "Esse jogo (contra o Brasil-RS) foi complicado em termos de finalizações, mas creio que nos próximos jogos a bola vai entrar. Estamos cientes do que temos de fazer. É focar mais e, no próximo jogo, vamos fazer esse gol", declarou.

Aproveitamento

O campeão nesse fundamento (finalização), segundo o Footstats, é o atacante Guilherme. Em dez jogos disputados nessa Série B, o camisa 11 rubro-negro finalizou 38 vezes. Porém, mais da metade dos arremates tiveram uma direção longe do gol adversário - 23 errados e apenas 15 certos -, também o tornando no atleta que mais finaliza errado na Segundona.

Apesar de o Sport estar apresentando falta de pontaria nas últimas rodadas, o time comandado por Guto Ferreira ainda é o terceiro que mais fez gols na Série B, com 15 gols marcados, um a menos que Ponte Preta e Bragantino.


Mais Lidas