Série C

Santa Cruz e ABC encaram duelo na Série C como 'jogo do ano'

Tricolores e alvinegros precisam, urgentemente, da vitória. Enquanto a Cobra Coral ainda acredita no G-4, o time abecedista busca evitar o rebaixamento

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 27/07/2019 às 9:10
Bobby Fabisak / JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak / JC Imagem

O jogo do ano. É assim que o Santa Cruz e ABC estão tratando o confronto deste sábado, às 18h, no estádio Frasqueirão, em Natal, no Rio Grande do Norte, válido pela 14ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Para os pernambucanos, a chance de não se distanciar da zona de classificação do Grupo A. No momento, seis pontos separam os corais do quarto colocado, que é o Imperatriz com 23 pontos. Já equipe potiguar quer se manter viva na luta para fugir do rebaixamento. O adversário comandado pelo técnico Roberto Fernandes ocupa a vice-lanterna com 10 pontos. O primeiro fora do Z-4 é o Globo e tem três a mais. Um tropeço complica a situação de ambos os clubes.

“É importante todo mundo estar consciente que tínhamos lá atrás tempo para poder errar. Agora nós não temos mais. O poder de concentração, entrega e discernimento tem que ser muito maior. No final do jogo contra o Sampaio (Corrêa), um jogador disse o seguinte: ‘Todos estamos muito cansados e não ganhamos o jogo’. Ou seja, no próximo duelo tem que se doar ainda mais”, afirmou o treinador coral Milton Mendes.

 

Sobre a escalação do Santa Cruz, a única novidade é o retorno do volante Charles, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo na derrota para o Sampaio Corrêa na última rodada. Ele ficou com a vaga de Allan Dias e completa o meio-campo que tem Lucas Gonçalves e Kadu. No pelotão de frente, Misael segue ao lado de Pipico e Dudu, enquanto Augusto retorna de suspensão para o banco de reservas.

“Não treinamos com três volantes. Charles é um volante-meia. Sai para o jogo, tem presença na frente. Na contenção mesmo é Lucas (Gonçalves). Coloco a característica de Charles muito mais parecida com Allan (Dias), com o chute de fora da área. O modelo é mais ou menos parecido com o que fizemos contra o Sampaio Corrêa. É lógico que eles (ABC) vão partir mais para cima”, disse Milton.

ABC

Em entrevista exclusiva ao Jornal do Commercio, o técnico Roberto Fernandes garantiu que o foco do ABC está exclusivamente no triunfo. Ele ainda lamentou o fato dos times não estarem duelando dentro do G-4. "É um jogo decisivo. Reta final. Faltam cinco rodadas para acabar a competição. Qualquer jogo tem caráter decisivo. Duas equipes que ambas as torcidas esperavam outra situação nesse momento, talvez brigando dentro do G-4. Para o ABC, não existe outro resultado que não seja a vitória”, comentou.

Ficha do jogo

ABC - Edson; Richardson, Adalberto e Joécio; Guedes, Anderson Pedra (Wanderson), Dione, Anderson Rosa e Guilherme; Jefinho e Lohan (Wallyson). Técnico: Roberto Fernandes. Esquema: 3-5-2

Santa Cruz - Anderson; Cesinha, João Victor, Vitão e Victor Lindenberg; Lucas Gonçalves, Charles e Kadu; Dudu, Misael e Pipico. Técnico: Milton Mendes. Esquema: 4-3-3.

Local: estádio Frasqueirão, Natal-RN. Horário: 17h. Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA). Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias e Jose Ricardo Guimaraes Coimbra (ambos do PA).

VEJA MAIS CONTEÚDO