NÁUTICO

Elenco do Náutico faz autocritica após derrota contra o Globo

O Náutico perdeu para o primeiro clube fora do Z-4 e desperdiçou a oportunidade de se distanciar do primeiro fora do G-4

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 05/08/2019 às 22:46
Léo Santos/Náutico
FOTO: Léo Santos/Náutico

Em jogo abaixo do que vinha apresentando, o Náutico foi derrotado pelo Globo-RN por 2 a 0 em Ceará-Mirim, nesta segunda-feira (5) e vê a briga pelo G-4 se acirrar. De acordo com o próprio elenco, o Alvirrubro entrou em campo com um “outro espírito” e não conseguiu buscar o resultado positivo. Tomou os gols e não teve forças para reagir. Autocrítica que o elenco tem consciência para fazer.

“A gente tem que ser realista. Verdadeiramente, o que eu vi foi que a gente não conseguiu encaixar. Era um espírito para a gente entrar em campo, a gente trocou de espírito e levamos logo um gol na tabela dos atacantes logo no primeiro tempo. A gente sai chateado. Eu não gosto de perder. Quando perco, eu me cobro muito e todos aqui se cobram”, comentou o volante Josa.

“A equipe toda deixou a desejar, o elenco deixou a desejar e não vamos culpar ninguém. A gente não conseguiu jogar, não conseguimos fazer a marcação em cima dos caras e tomamos o gol. Hoje fomos muito abaixo mesmo, e é se conscientizar para buscar o resultado positivo dentro de casa”, acrescentou.

Na próxima rodada, o Náutico encara o Sampaio Corrêa. Jogo será disputado nos Aflitos, na segunda-feira (12), às 20 horas. Erros de passe, criação ineficiente e sem reação, este foi o retrato do Timbu no duelo contra o Globo-RN. A falta do “encaixe” citado pelos jogadores foi unânime, mas o pensamento já é voltado para o confronto diante dos maranhenses.

“É trabalhar e consertar os erros. Temos um jogo importantíssimo na próxima segunda-feira, e vamos trabalhar. Deus vai nos abençoar para a gente para conseguir a classificação”, finalizou o zagueiro Camutanga.

Próxima partida

O Náutico finalizou a 14ª rodada na vice-colocação do Campeonato Brasileiro da Série C com 24 pontos, seis a menos que o líder Sampaio Corrêa, que é o próximo adversário do timbu na próxima segunda-feira (12), nos Aflitos, às 20h.

VEJA MAIS CONTEÚDO