NÁUTICO

Série C 2019 pode ser o primeiro título nacional para Náutico e Dal Pozzo

O treinador da equipe alvirrubra já conseguiu o acesso na Terceirona com a Chapecoense

Publicado em 06/10/2019 às 10:00
Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
FOTO: Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Leitura:

Assim como o Náutico, o treinador Gilmar Dal Pozzo também busca o seu primeiro título nacional em sua carreira. O gaúcho chegou a semifinal do Campeonato Brasileiro da Série C em 2012, quando ainda treinava a Chapecoense, onde comando a equipe até 2014.

Apesar de ter uma passagem bastante positiva na Chapecoense-SC, Gilmar não conseguiu ser campeão no clube catarinense, onde conquistou os acessos para a Série B e Série A com a Chape em 2012 e 2013, respectivamente e foi vice-campeão da Série B 2013. O treinador fala sobre como ele imagina ser o sentimento de levantar a taça de campeão.

"Eu não consigo dimensionar, porque eu não tive esse gostinho. Eu tive outras conquistas. Como técnico eu consegui alguns acessos, principalmente no meu auge na Chapecoense. Como atleta, eu ganhei um título importantíssimo quando eu jogava no Caxias-RS, em cima do Grêmio, defendendo um pênalti do Ronaldinho, que depois o Ronaldinho foi escolhido o melhor do mundo, aos 49 minutos do segundo tempo. Deve ser essa a sensação", afirmou o treinador alvirrubro.

Náutico e Sampaio Corrêa já se enfrentaram quatro vezes nesta temporada e a equipe alvirrubra saiu vencedor nos quatros encontros. Na primeira partida da final, o Náutico venceu a equipe maranhense pelo placar de 3x1. Mesmo desempenhando um bom futebol, Dal Pozzo prega concentração, não só dele como de toda a equipe, para que o time consiga executar o planejamento traçado para a decisão.

"A gente fica visualizando a conquista do título, porque é uma marca histórica para todos, inclusive para o clube, mas eu procuro me concentrar muito naquilo que vai me levar ao sucesso. Eu não posso colocar o título em primeiro e deixar o desempenho em segundo. Eu tenho que buscar estratégia, jogar um bom futebol e respeitar o adversário", disse Dal Pozzo.

 

Chave para o título

Apesar de nunca ter conquistado um título nacional, Gilmar destaca quais os pontos fundamentais que devem ser executados por parte do treinador e dos jogadores para que a taça de campeão brasileiro chegue na sala de troféus da equipe pernambucana.

"Nós precisamos fazer um grande jogo. A nossa preparação tem que ser muito boa. A minha preparação é em cima da melhor estratégia, potencializar os atletas para ter um grande desempenho, ter personalidade, para jogar quando tiver que jogar, para marcar quando tiver que marcar, ser muito intenso e está mentalmente, tecnicamente e fisicamente forte nesse jogo para conquistar o título. A equipe que vai ser campeã tem que ter esses pilares, senão não tem sucesso", completou o treinador que está em sua segunda passagem no Náutico.

Mais Lidas