SANTA CRUZ

FPF irá abrir inquérito para investigar escândalo de corrupção


O presidente da entidade garantiu que vai acompanhar o caso de perto

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 18/10/2019 às 21:40
Acervo/JC Imagem
FOTO: Acervo/JC Imagem
Leitura:

Por Davi Saboya da editoria de esportes do JC - A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) vai abrir um inquérito administrativo interno para apurar escândalo de corrupção envolvendo o Santa Cruz. Em entrevista ao Blog do Torcedor e Jornal do Commercio, o presidente Evandro Carvalho confirmou a informação e frisou que já buscou as informações sobre o caso. Ele ressaltou que a medida não é para descobrir os culpados criminalmente, pois tal investigação não cabe a entidade.

“A Federação, em razão das denúncias, vai apurar a situação para abrir um inquérito administrativo interno. Fiz uma reunião com a nossa direção e o Tribunal para me inteirar do assunto. Não temos nenhuma responsabilidade com o caso. Mas como envolve um filiado que o diretor revelou o esquema, vamos investigar internamente”, contou.

Timemania

Evandro Carvalho destacou que até o início da próxima semana terá todos as informações sobre a polêmica denúncia. A intenção é saber se pode existir um prejuízo desportivo no caso, que envolve até a loteria federal Timemania.

“Até segunda-feira, irei receber todas as informações que busquei hoje (ontem) junto ao clube, Polícia Federal e Polícia Civil. Em seguida, vamos investigar internamente se esse tema tem influência com questões estatutárias e desportivas”, disse o presidente da FPF.


Mais Lidas