Meia do Ceará relata racismo e xenofobia da torcida do Santos contra nordestinos

O episódio aconteceu na vitória do time Santista contra o Ceará, na noite dessa quinta-feira (17), na Vila Belmiro

PRECONCEITO
Meia do Ceará relata racismo e xenofobia da torcida do Santos contra nordestinos

Os torcedores do Santos foram acusados de comportamento racista contra os jogadores do Ceará - Foto: Reprodução/Instagram Santos FC

Após o final do jogo entre Santos e Ceará, na noite dessa quinta-feira (17), em São Paulo, o meia Thiago Galhardo, do Ceará, reclamou de ofensas racistas e xingamentos xenofóbicos gritados por parte da torcida do Santos em direção aos jogadores do time nordestino, durante a partida que terminou com vitória dos donos da casa por 2 a 1, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista ao Esporte Interativo na saída do gramado, o jogador afirmou que a torcida do Santos reproduziu xingamentos racistas para o meia Fabinho, do Ceará. Galhardo também denunciou ofensas xenófobas vindas das arquibancadas, onde os torcedores tentaram menosprezar o Estado do Ceará, afirmando que o mesmo ficava localizado na Região Norte do país. 

"Acho que eles vêm ver o espetáculo, que foi bonito, parabéns pela vitória do Santos. Mas querem menosprezar o Fabinho, menosprezar a mim, fazer ato de racismo para ele chamando de negão, vagabundo... Eu acho que o futebol perde sua essência. Brasileiro tem que se controlar mais. Não pode ter isso, o cara beber e, ao meu ver, ficar embriagado, xingar a gente… Acho que ele tinha que estudar um pouco mais, conhecer a geografia no Brasil. Falar que o Ceará joga no Norte, ou eu que não entendo muito, estudei de sacanagem", desabafou o jogador.

Não houve registro sobre o assunto na súmula da partida, publicada na noite de quinta. O Ceará informou que levará a questão a seu departamento jurídico. 

Resposta 

O Santos Futebol Clube se pronunciou momentos após a partida por meio de nota no site oficial e nas redes sociais do clube.

 "Qualquer ato de preconceito e xenofobia é absolutamente repugnante e inaceitável. Diante dos relatos passados por alguns veículos de comunicação, o Clube está investigando e irá tomar as providências cabíveis frente a quaisquer casos dessa natureza.

 O repúdio absoluto a atos de discriminação faz parte da identidade do Santos Futebol Clube".

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.