SANTA CRUZ

Preferências pela Série B dificultam busca do Santa por novo treinador

Equipe do Arruda deve fazer esforço extra para atrair um dos nomes pretendidos ao Arruda

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 04/11/2019 às 11:53
Brenda Alcântara/JC Imagem
FOTO: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Um dos pontos de maior ansiedade para o torcedor coral deve permanecer sem respostas por mais algum tempo. Com o perfil do novo treinador do Santa Cruz traçado, o clube já declarou, por meio de seus dirigentes, que tem tratado a contratação do próximo comandante com bastante calma e cautela. Mas, além do zelo, outro aspecto vem tornando essa definição ainda mais lenta. O time do Arruda tem esbarrado na preferência dos nomes pretendidos por propostas de equipes da Série B do Campeonato Brasileiro.

“Estamos tendo bastante calma para poder tomar essa decisão, que será a mais importante para o próximo ano. Já conversei com muitos treinadores. Uns estão trabalhando e outros estão no mercado. Identificamos algumas peças que se encaixam no perfil e vão nos atender. Iniciamos o processo de negociação, mas alguns não foi possível, pois ou têm uma proposta melhor da Série B ou do exterior. O que aconteceu com um. E outros querem aguardar um pouco mais com a expectativa de surgir uma outra chance na Série B e não querem ir logo pra Série C. Então, não podemos errar. Precisamos de cautela antes desse acerto”, apontou o executivo de futebol do Santa Cruz, Ney Pandolfo.

Consciente da preferência dos treinadores pela Segunda Divisão, o dirigente revelou que o clube coral pretende fazer esforço extra para atrai-los ao Arruda. “São grandes profissionais. Evito falar nome para não criar dificuldade futura. Todos têm perfil para o que pensamos para o Santa Cruz. A Série B tem um patamar ‘x’, trabalhei os últimos anos nesta Divisão. E a Série C tem um nível abaixo. Vamos fazer um esforço a mais? Sim. estamos trabalhando para possibilitar essa situação”, concluiu.

Mais Lidas