Balanço de 2019 deve apresentar crescimento de 50% no faturamento do Santa Cruz

Fred Dias, do núcleo gestor do Santa Cruz, creditou o aumento de receitas ao maior número de sócios e premiações conquistadas pelo clube

SANTA CRUZ
Balanço de 2019 deve apresentar crescimento de 50% no faturamento do Santa Cruz

O faturamento estimado para o balanço que será publicado no ano de 2020, está na casa dos R$ 13 milhões. - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem

Antônio Gabriel

O membro do Núcleo Gestor do Santa Cruz, Fred Dias, revelou que o faturamento estimado do clube, e que será divulgado no balanço financeiro no início do ano que vem, subiu em cerca de 50% se comparado ao ano passado. Com o faturamento de 2018 na casa dos R$ 8,5 milhões, é esperado que o valor divulgado para 2020 seja próximo dos R$ 13 milhões.

"Em 2018 não adiantamos cotas de 2019. Apesar da dificuldade que foi o ano de 2018, ficamos sem adiantar as cotas do ano seguinte. Isso refletiu no nosso orçamento, no nosso balanço. Tivemos algo entorno de R$ 8,5 milhões no balanço publicado esse ano, mas que permitiu que trabalhássemos 2019 com as cotas integrais, o que nos deu uma maior estabilidade financeira no começo dessa temporada. Pra 2020, vamos ter um orçamento já um pouco maior. Houve um aumento de receitas em 2019 em relação a 2018. Tivemos um aumento de 50% de faturamento. O balanço que vai ser divulgado em 2020 vai demonstrar isso", disse Fred Dias em entrevista ao repórter Klisman Gama do Jornal do Commercio.

Ouça a entrevista:

O balanço publicado no início desse ano revelou, no campo de receitas totais, um faturamento de R$ 8.765.924,00, sendo esse valor composto por cessão de direitos de transmissões de jogos (R$ 725.572,00), bilheteria (R$ 4.462.034,00), marketing e comercial (R$ 2.246.425,00), transferências de atletas (R$ 300.000,00), clube social (R$ 997.402,00) e o campo "outras" (R$ 34.491,00).

Sendo assim, o faturamento estimado para o balanço que será publicado no ano de 2020, está na casa dos R$ 13 milhões.

Ainda segundo Fred, o aumento das receitas se deu pelas premiações, principalmente as da Copa do Brasil, onde o Santa Cruz acabou atingindo a 4ª fase, além do crescimento no número de sócios.

"Obviamente que estão aí cotas e premiações, mas tivemos um aumento muito grande em sócios, na área comercial e em licenciamentos, além outras áreas que o clube busca crescer as suas receitas. Vamos ter em 2020 uma realidade melhor que em 2019. São mudanças e aumentos pequenos, mas que dão maior organização a temporada. Obviamente não são a mesma coisa do que seria com um acesso à Série B, que aí a gente estaria falando de um aumento de 70% do nosso faturamento, que é o previsto pra 2020", afirmou Fred Dias.

Camisa 'fechada'

Ainda segundo Fred Dias, a ideia é fazer com que a camisa do Santa Cruz esteja 'fechada' de patrocínios até o mês que vem. "Estamos em busca de fechar a camisa já a partir de agora de dezembro. Já temos empresas interessadas. Isso vai permitir que tenhamos uma receita para montar um time forte para conquistar nossos objetivos, sendo o principal deles o acesso", completou.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.