Federação Pernambucana de Futebol interdita vestiário após reclamação do Sport

O local foi alvo de muitas crítica pelos profissionais do Sport

INTERDIÇÃO
Federação Pernambucana de Futebol interdita vestiário após reclamação do Sport

A situação do vestiário foi externado antes do início da partida. - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Gabriela Máxima | Pedro Alves

O empate por 0x0 entre Decisão e Sport, no estádio Lacerdão, em Caruaru, ganhou uma polêmica extracampo. Isso porque o vestiário destinado ao Leão não tinha condições de receber os jogadores e comissão técnica por falta de cuidados com a higiene do local. O diretor rubro-negro Fred Domingos reclamou, disse que o vestiário parecia uma pocilga e criticou a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) por liberar o vestiário para receber uma partida de futebol. Em resposta, a FPF divulgou uma nota oficial nas redes sociais garantindo que interditou o local no início da tarde desta segunda-feira. De acordo com a comunicado, a entidade tomará “medidas enérgicas” para que haja resolução imediata do problema.

Entenda o caso

O Central não liberou o vestiário principal utilizado por seus jogadores. Dessa forma, o vestiário geralmente utilizado pelos visitantes ficou para o Decisão, que na ocasião era o mandante da partida. Um terceiro vestiário, que geralmente fica fechado, foi destinado ao Sport.

“A Federação Pernambucana de Futebol informa que, no início da tarde desta segunda-feira, já tomou as devidas medidas administrativas e interditou o vestiário destinado aos times visitantes no Lacerdão, quando o mando de campo for do Decisão. Em virtude da repetição da situação, causando surpresa, a entidade vai tomar medidas enérgicas para que haja a resolução imediata do problema”, diz a nota.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.