Santa Cruz vence no Arruda e assume liderança do Pernambucano

O Santa Cruz saiu atrás no placar mas virou o jogo com gols de Pipico e Fabiano; Willian Anicete marcou para o Salgueiro

SANTA CRUZ
Santa Cruz vence no Arruda e assume liderança do Pernambucano

O Santa Cruz venceu o Salgueiro de virada no Arruda com gols de Pipico e Fabiano - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Lucas Rocha

 O Santa Cruz venceu o Salgueiro de virada no Arruda com gols de Pipico e FabianoO Santa Cruz venceu o Salgueiro de virada no Arruda com gols de Pipico e Fabiano

Bobby Fabisak/JC Imagem

O Santa Cruz garantiu a liderança do Pernambucano após vencer o Salgueiro no Arruda. Entretanto foi o Carcará que abriu o placar. Logo aos 02 minutos do primeiro tempo, depois de um vacilo de Toty, Willian Anicete marcou o gol do time sertanejo. O Santa Cruz começou a reação ainda no primeiro tempo. Pipico aos 19 marcou um golaço num chute de fora da área. A virada do time coral veio na segunda etapa com Fabiano, que fez o segundo gol tricolor.  O público no José do Rêgo Maciel foi de 3.554, para uma renda de R$ 18.725,00. 

O jogo

Com menos de 1 minuto de jogo, o Santa cruz já chegava na meta do Salgueiro. Em jogada pela direita, Maycon Felix arriscou de fora e o goleiro Tanaka fez a defesa, mandando para escanteio. A resposta do time sertanejo veio logo em seguida. No vacilo do lateral Toty, Willian Anicete roubou a bola, entrou na área, driblou o goleiro coral e abriu o placar para o Salgueiro. Mesmo  saindo atrás no placar, o Santa Cruz continuava atacando. Aos 14 minutos o Santa chegou com Mayco Felix, mas a zaga do Salgueiro tirou.

Pipico aos 16 minutos recebeu a bola na entrada da área e chutou cruzado pra fora. O empate do tricolor do Arruda veio aos 19 minutos da primeira etapa. Pipico driblou Daniel e de fora da área, chutou forte para empatar a partida. O jogo continuou com o Santa pressionando o Salgueiro em busca da virada. Aos 28 minutos, o Santa Cruz teve escanteio, mas Tanaka saiu para fazer a defesa. A reta final da primeira etapa foi marcada pelo equilíbrio. Aos 41 minutos Toty se atrapalhou novamente, Renato ficou com a bola, tentou cruzar para Bruce e a zaga do Santa mandou para fora. O time coral tentava chegar ao ataque através da velocidade nos contra-ataques. O primeiro tempo acabou com o placar empatado.

Ouça os gols da partida na voz de Alexandre Costa:

Segundo tempo

A etapa final já começou com o caracará buscando o segundo gol, mas Tarcísio não aproveitou a chance criada. A resposta do Santa Cruz veio em forma de gol. Aos 08 minutos, Fabiano fez bela jogada pela esquerda e bateu cruzado, a bola desviou na defesa do Salgueiro, bateu na trave esquerda do goleiro e balançou as redes do Carcará. Após o gol sofrido, o Salgueiro tentou igualar novamente o placar em jogada de Renato, mas o jogador foi derrubado na entrada da área pelo zagueiro tricolor Danny Morais. Pela falta, o defensor coral levou cartão vermelho e foi expulso do jogo.

Com um a menos, o Santa recuou e passou a jogar nos contra-ataques. Aos 22 minutos, Pipico lançou para Paulinho que chutou para o gol, mas bola vai para fora. O Salgueiro levou perigo em seguida numa cabeçada de Renato, mas o goleiro Maycon fez grande defesa. O Carcará ainda levou perigo aos 40 minutos. Em boa jogada Adenilson chutou rasteiro no canto para boa defesa de Maycon Cleiton. No final de partida, o Salgueiro ainda reclamou pênalti em jogada dentro da área. O atacante do Salgueiro caiu após contato com Feliphe Gabriel. Placar final, Santa 2 x1 Salgueiro. 

Ficha de jogo

Santa Cruz: Maycon Cleyton; Toty; William Alves; Danny Moraes; Fabiano; Denilson (Bileu); Paulinho; Didira; Patrick (Feliphe Gabriel); Mayco Félix e Pipico.

Salgueiro: Salgueiro definido com: César; Adenilson; Arthur; Ranieri; Daniel Nazaré; Willian Daltro; Raimundo Júnior (Caetano); Renato; Bruce (Tarcísio); Willian Anicete (Thomas Anderson) e Muller.

Local: Arruda

Árbitro: Paulo Belence. Assistentes: Clóvis Amaral e José Romão.

Gols: Willian Anicete, aos 02 minutos do primeiro tempo, pelo Salgueiro. Pipico, aos 19 do primeiro tempo e Fabiano, aos 08 minutos da etapa complementar, para o Santa Cruz.