Evandro Carvalho quer aumento de penas para torcedores que brigarem

Presidente da FPF disse que quer alterar o Estatuto do Torcedor para que torcedores de organizadas que infringirem a lei tenham pena mínima de três anos

ESTATUTO DO TORCEDOR
Evandro Carvalho quer aumento de penas para torcedores que brigarem

Evandro Carvalho, presidente da FPF - Foto: Acervo/JC Imagem

Em entrevista à Rádio Jornal nesta quarta-feira (12), o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, afirmou que vai buscar mudar a Lei 10.671 de 2003, chamada de Estatuto do Torcedor, para que as penas para crimes praticados por torcedores de organizadas sejam maiores. A mudança vem repercutida com o último caso de violência que aconteceu entre torcedores no Centro do Recife no dia 3 de fevereiro, durante a festa de aniversário do Santa Cruz.

Leia também: Extinção das torcidas organizadas ganha força e é tema de debate

"O que nós vamos ter hoje é buscar penas mínimas para todo e qualquer  torcedor que se envolver em brigas, causem danos dentro ou fora do estádio. Acho que isso será o marco regulatório que irá definir e que vai recompensar o trabalho da Polícia Militar", afirmou. Segundo Evandro, o projeto de alteração está sob responsabilidade do deputado federal Felipe Carreras (PSB).

Ouça o debate na íntegra:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.