SPORT

Sport: "Se esforçaram para me trazer desde novembro", revela Jonatan Gomez


O meia-atacante argentino foi apresentado no Centro de Treinamento do Sport

Publicado em 20/02/2020 às 15:52
Anderson Stevens/Sport Club do Recife
FOTO: Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Leitura:

Após uma longa negociação e boa temporada pelo CSA, o meia Jonatan Gomez foi apresentado pelo Sport na tarde desta quinta-feira, no Centro de Treinamento do clube. O último reforço anunciado pelo rubro-negro vai vestir a camisa 16. O argentino de 30 anos afirmou que o grande interesse do Sport em seu futebol faz com ele chegue com muita motivação de defender o clube.

“Queria agradecer aos dirigentes a todos os esforços que fizeram por mim. Desde novembro foi o clube que teve mais interesse no meu futebol. Percebi que eles gostavam muito de mim e tomei a decisão de vir para cá. Gostei muito do Nordeste quando joguei pelo CSA. Sou um jogador que gosto muito dos desafios e dessa responsabilidade que tem no clube”, disse o meia em suas primeira palavras como jogador do Sport.

Nordestão Cast:

Jonatan Gomez chega para um setor carente na equipe rubro-negra. Atualmente, o Sport conta apenas com Lucas Mugni para a função de meia armador da equipe. No entanto, com a troca de comando técnico, Daniel Paulista implementou a utilização de três volantes em seu primeiro treinamento. Função que Jonatan Gomez também consegue exercer.

“Eu gosto de jogar de meia, mas jogo de terceiro volante e outras posições no meio de campo. O treinador eu conheço pouco, mas quando eu começar a treinar ele vai falar comigo e dizer o que precisa de mim. O time é muito bom, é um processo que o jogador perca duas ou três partidas e isso serve como preparação mais a frente, mas a gente tem que chegar muito bem ao Brasileirão. Eu tenho que fazer as coisas bem para jogar. Seja com um treinador ou com outro. Depois o grupo tem que acostumar porque acontece muito no futebol e isso faz parte”, explicou.

No CSA, Jonatan foi um dos destaques da equipe no Campeonato Brasileiro de 2019 sendo artilheiro da equipe alagoana com cinco gols. Já no São Paulo, equipe que era dono de seus direitos e que atuou antes do Azulão, não teve o mesmo desempenho e explicou o motivo da demora de concretizar sua vinda ao Sport.

“No São Paulo eu não consegui ter uma sequência de jogo como eu consegui ter no nordeste e o jogador precisa de jogo para mostrar seu potencial. Demorou como toda negociação. Tinha coisas para fechar com o São Paulo e por isso a negociação foi mais longa”, afirmou.

O jogador também explicou o motivo da sua escolha por usar o nome ser "P. Gomez" e o número 16. "É em homenagem ao meu filho, o Pedro e o número é a data de aniversário dele", explicou.

Além da camisa 16 de Jonatan Gomez, o
Além da camisa 16 de Jonatan Gomez, o "P" da camisa é homenagem ao seu filho Pedro.
Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Próximo jogo

O Sport volta a campo neste sábado (22) para enfrentar o América-RN., às 18h, na Arena das Dunas, pela Copa do Nordeste e a Rádio Jornal vai trazer todas as emoções


Mais Lidas