SANTA CRUZ

Presidente do Santa Cruz prega união e paciência para futuro do clube na paralisação


Constantino Júnior exaltou a importância de um diálogo com os jogadores e destaca Danny Morais como fundamental

Publicado em 31/03/2020 às 15:30
Pedro Alves/Rádio Jornal
FOTO: Pedro Alves/Rádio Jornal
Leitura:

O Brasil assim como todo o mundo, vem passando por uma crise financeira que está atingindo diretamente o futebol nacional. Por isso equipes de todo o país estudam formas de reduzir custos para que não sejam tão prejudicados nesta paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. O Santa Cruz ainda estuda a melhor forma de definir situação do clube e de seus atletas.

O Náutico, por exemplo, definiu na manhã desta terça-feira (31), conceder férias para seus atletas e uma redução de parte do direito de imagem - proposta que aceita pelos jogadores e tratada como a melhor da Série B. O Fortaleza também reduziu o pagamento de seus jogadores em 25% do salário, proposta essa que foi elogiada pelo presidente do Santa Cruz, Constantino Júnior em entrevista para Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal. No entanto, o mandatário também destacou que são realidades totalmente diferentes.

Ouça a entrevista na íntegra:

"É um modelo interessante. O problema é a realidade financeira. O fortaleza tem um orçamento de R$ 100 milhões e tem mais arrecadações nos jogos. É outra realidade. No nosso grupo, tem atletas que ganham dois salários mínimos e alguns que recebem um pouco mais e eu não posso aplicar a mesma condição (redução de salário) para todos, afirmou.

Para o presidente Coral, esse é o momento de conversar para decidir qual é a melhor situação para todos e exaltou a importância de Danny Morais nesta fase difícil para o clube e seus funcionários. "É importante o diálogo e que todos os atletas estejam conosco neste momento. Danny Morais que sem a bola vem sendo um exemplo muito grande. Foi uma queda muito grande de receita e a gente quer se ajudar e não queremos prejudicar ninguém. Vamos equacionar para sair bom para o Santa e para os atletas", disse.

NORDESTÃO CAST:


Mais Lidas