SPORT

Zagueiro do Sport exalta importância do Estadual para equipe necessitadas

A pandemia do novo coronavírus está afetando diretamente o financeiro das equipes

Publicado em 06/05/2020 às 14:30
Anderson Stevens/ Sport
FOTO: Anderson Stevens/ Sport
Leitura:

Se a discussão quanto ao calendário brasileiro já é recorrente, o momento de quase dois meses de paralisação em solo pernambucano aumenta as especulações. Manter as competições previamente disputadas? Mudar fórmula de disputa? Entrar em 2021 com campeonatos de 2020? Tudo ainda é subjetivo, mas, para quem atua dentro de campo, é preciso ser bom para todos: do que joga a Libertadores ao que só tem o Estadual no calendário.

O assunto é bastante ponderado pelo zagueiro rubro-negro Rafael Thyere. Para o jogador do Sport, o ideal é manter todas as competições, do Pernambucano a Copa do Nordeste, passando pelo Brasileiro e pelos continentais de quem disputa, se houver tempo. Isso tudo, claro, sem privilegiar apenas quem joga Libertadores ou Copa Sul-Americana.

“Infelizmente, tem atletas que não teriam, num primeiro momento, estadual para jogar. Fica complicado para eles. A gente se coloca no lugar deles. Clubes que infelizmente só teriam estadual, digo no Brasil todo, não só aqui. Tem que ser bem estudado e conversado, consenso para que seja bom para todos”, avaliou o jogador do Leão.

Sem saber quais decisões serão tomadas por CBF e Federação Pernambucana de Futebol, Thyere só pede que haja tempo também entre os jogos. “Pense naqueles que tem só estadual para jogar. A minha opinião, claro, queria jogar todos. Temos que ver com relação a tempo para fazer todos esses jogos. Se for prolongar 2021 a dentro, que jogue todos. Mas dando tempo para o pessoal descansar de um jogo para o outro. Ter um pouco de calma”, concluiu o zagueiro.

Quiz

Mais Lidas