Sport tenta se livrar de punição para regularizar novos reforços

O presidente do Sport também falou sobre a dívida de Mark Gonzáles

SPORT
Sport tenta se livrar de punição para regularizar novos reforços

Contratado durante a pandemia, Ronaldo ainda não foi regularizado. - Foto: Anderson Stevens/Sport

Fernando Castro | Pedro Alves

Últimos reforços contratados pelo Sport, o lateral-direito Patric e os atacantes Philip e Ronaldo ainda não foram regularizados. Além deles, o lateral-direito Elias, que voltou de empréstimo do Athletico, também não teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Isso porque o clube rubro-negro segue impedido de registrar novos jogadores por orientação do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA).

Assim como aconteceu no início da temporada, a suspensão se deu por conta de um débito antigo do Sport na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF. De acordo com o presidente Milton Bivar, a diretoria rubro-negra tem trabalhado intensamente para conseguir recursos financeiros e pagar uma das parcelas atrasadas da dívida com o meia chileno Mark González, ex- jogador do clube.

Ouça a entrevista na íntegra:

“O problema está sendo resolvido e a gente está correndo atrás de dinheiro. O pessoal do marketing está trabalhando dia e noite buscando fechar contratos. Algumas coisas estão bem encaminhadas, por outro lado eu também estou indo atrás de uma série de situações para que a gente possa ter dinheiro, pois sem dinheiro não resolve esse problema”, explicou o presidente Milton Bivar, em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, para a Rádio Jornal.

O valor total da dívida do Sport com Mark González gira em torno de R$ 650 mil. Para poder voltar a inscrever novos jogadores, no entanto, basta o clube rubro-negro realizar o pagamento de uma das parcelas do acordo feito com o jogador. “Tendo dinheiro e pagando, o problema se resolve em 24 horas, no outro dia está liberado. Acho que com cerca de R$ 250 mil a gente resolve esse problema”, revelou Milton Bivar.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.