FPF diz que projeção da CBF para início do Brasileiro não interfere no Estadual e Copa do Nordeste

De acordo com Evandro Carvalho, projeção da CBF para iniciar as Séries A e B nos dias 8 e 9 de agosto não interfere na realização das competições

RETORNO DO FUTEBOL
FPF diz que projeção da CBF para início do Brasileiro não interfere no Estadual e Copa do Nordeste

Evandro Carvalho projetou que a Copa do Nordeste pode ser finalizada em uma semana, após a realização do Estadual. - Foto: Acervo/JC Imagem

Lucas Holanda | Pedro Alves

Nessa quinta-feira, a CBF divulgou por meio do site oficial que projeta iniciar as séries A e B nos dias 8 e 9 de agosto. De acordo com a nota da entidade, essa projeção foi feita numa reunião com os 40 clubes envolvidos nas duas divisões, onde 39 concordaram com essas datas sugeridas por Rogério Caboclo, presidente da organização que comanda o futebol brasileiro. No entanto, mesmo com o desejo de iniciar o Campeonato Brasileiro nesses dias, a proposta ainda precisa ter o aval das autoridades de saúde de cada estado envolvido no retorno. Na 1ª rodada da Série B, o Náutico enfrenta o Avaí, enquanto o Sport duela contra o Ceará na rodada de abertura da Série A.

Com essa previsão feita pela CBF, surgiram alguns questionamentos com relação a retomada dos Estaduais e, no caso da região Nordeste, ao reinício do Nordestão. Em contato com a reportagem do Jornal do Commercio, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, destacou que essas datas para o início das séries A e B são apenas projeções feitas pela entidade, mas que o martelo ainda não foi batido.

“A CBF colocou uma projeção de datas. O presidente da CBF disse várias vezes que era uma ideia e perguntou o que os clubes achavam, e todo mundo ficou de estudar. Então não tem nenhuma definição quanto a isso aí. Foi apenas uma conversa para começar a discutir as possíveis datas”, disse Evandro Carvalho, que completa destacando que esse possível início das séries A e B nos dias 8 e 9 de agosto não altera em nada a realização do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste.

“De qualquer maneira, não altera em absolutamente nada o Estadual, já que ele começa e termina em julho. E assim que ele acabar, começa a Copa do Nordeste e acaba. Então o Estadual e a Copa do Nordeste se encerrarão antes do Brasileiro. Para nós, tanto faz começar dia 8, dia 15, dia 30 ou dia 1º de setembro. Não vai mudar absolutamente nada”, explicou o presidente da FPF.

Realização do Estadual e Copa do Nordeste

Com relação ao Campeonato Pernambucano, o torneio ainda não tem data definida para voltar. Segundo Evandro Carvalho, o Estadual está liberado a partir do dia 1º de julho, mas o mandatário destacou que ainda está definindo com os clubes a melhor data, pois alguns clubes nem voltaram ainda e cidades como Caruaru e Bezerros estão em quarentena mais rígida devido ao aumento de casos do novo coronavírus. Por conta disso, a prioridade é definir logo a disputa do título, jogando o quadrangular do rebaixamento para mais adiante.

“No Estadual, estamos com data sobrando, então é tranquilo. A partir do dia 1º julho a gente poderia começar, mas ainda estamos em conversa com os clubes e isso ainda não bateu o martelo. Com relação a sede única nos estaduais, é uma tendência de saúde pública, é uma questão muito mais médica do que de futebol. Mas ainda não temos a definição aqui em Pernambuco sobre isso”, detalhou Evandro Carvalho, que falou sobre  a retomada do Nordestão: “A Copa do Nordeste vai ser em uma sede só. Fazendo jogo todo dia, a gente acaba ela em uma semana”, disse Evandro.

Calendário do Pernambucano e Copa do Nordeste

Na retomada do Estadual após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, os primeiros jogos serão válidos pela última rodada da fase de grupos. Depois, o mata-mata, onde apenas a final terá dois jogos. Vale lembrar que Santa Cruz e Salgueiro já estão classificados de forma antecipada para a semifinal do torneio e vão decidir à vaga na final em casa. Já o Náutico precisa praticamente de um empate com o Carcará para avançar às quartas de final, já que só fica fora com um resultado igual se o Sport vencer o Tricolor, o Afogados derrotar o Vitória por quatro gols de diferença e, por fim, o Central golear o Decisão por cinco gols de vantagem. Caso o Alvirrubro vença, está no mata-mata de forma antecipada.

Com relação ao Sport, o Leão precisa vencer o Santa Cruz de todo jeito, pois caso perca ou empate ficará dependendo que Afogados ou Central não vençam seus jogos contra Vitória e Decisão, respectivamente. Se a Coruja do Sertão e a Patativa triunfarem e o Rubro-Negro não derrotar o Tricolor do Arruda, a equipe leonina iria protagonizar um vexame histórico: disputar o quadrangular do rebaixamento no Estadual.

Na Copa do Nordeste, também falta apenas uma rodada nos grupos A e B para terminar a primeira fase. Com os quatro classificados de cada chave, as quartas de final acontecem em jogo único, assim como a semifinal. Já na decisão, mesmo sendo em sede única, a tendência é que seja disputada em dois jogos. Para se classificar, o Náutico precisa vencer o Bahia para avançar sem depender de outros resultados. Se empatar, torce para que Ceará não vença o CRB ou o que o Santa Cruz seja derrotado pelo River-PI. Em caso de derrota do Alvirrubro, o clube torce para o Vozão ser derrotado pelo CRB ou o Tricolor perder do River-PI.

Para o Santa Cruz se classificar, o Tricolor precisa vencer o River-PI e torcer por um empate ou derrota de Ceará e Náutico. Outra possibilidade de classificação para a equipe coral é vencer e o Vitória perder para o Botafogo-PB. O Santa também avança às quartas de final do Nordestão se tirar uma diferença de quatro gols para o Confiança. Com um empate, o time do Arruda só passa se o Timbu ou Vozão perderam. Com derrota, está eliminado.

Já o Sport, precisa vencer o Confiança e torcer para que o ABC não vença o CSA; ou então que o Botafogo-PB seja derrotado pelo Vitória. Se os dois rivais vencerem, o saldo de gols do Leão terá que ser de dois a mais do que o clube potiguar. O saldo diminui para um gol de diferença se o ABC tiver dois atletas expulsos na partida e o Sport nenhum. Se empatar diante do Confiança, o Rubro-Negro precisa que o ABC seja derrotado e que o CRB perca ou empate com o Ceará.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.