Com reunião adiada, FPF prevê retorno do Pernambucano dia 8 de julho

A ideia da entidade era começar o Pernambucano no próximo domingo

CAMPEONATO PERNAMBUCANO
Com reunião adiada, FPF prevê retorno do Pernambucano dia 8 de julho

Resta uma rodada para o final da primeira fase do Campeonato Pernambucano. - Foto: Leo Motta/JC Imagem

Karoline Albuquerque | Pedro Alves

O desejo inicial da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) era retomar o Campeonato Pernambucano no próximo domingo, dia 5 de julho. Mas, por questões regulamentares, vai ser preciso adiar um pouco mais o recomeço, mesmo que a decisão do Governo do Estado em liberar a volta das partidas oficiais seja tomada nesta terça-feira (30). O ideal para a entidade, agora, é que aconteça no dia 8 de julho, uma quarta-feira.

Em entrevista ao Fórum Esportivo, da Rádio Jornal, o diretor de competições da FPF Murilo Falcão destacou que é preciso o mínimo de cinco dias de antecedência antes de marcar as partidas. “Neste momento, não acredito mais nessa data de 5 de julho, porque mudou a reunião da autorização do governo, porque sempre davam isso na sexta ou no sábado, mas passou a fazer essas liberações de acordo com o calendário que foi programado por eles para terça-feira”, disse o dirigente.

Tendo apenas cinco dias de antecedência, Murilo vê como inviável realizar a partida no domingo de modo que possa atender a todos os protocolos e exigências no prazo. O Campeonato Pernambucano precisa ainda de cinco datas, sendo uma para a conclusão da primeira fase e as outras quatro para o mata-mata. Sendo retomado no dia 8 de julho, é possível concluir até o dia 25 de julho, tendo uma janela de duas semanas até o início dos Campeonatos Brasileiros das Séries A e B. Porém, há ainda a Copa do Nordeste, que precisa também de cinco datas para terminar e a escolha da sede única, ambos a serem definidos pela CBF.

“Temos o dia 8 ou o dia 12. Sendo aprovado como mandamos, dá para cumprir para o dia 8. Mas eu prefiro falar da fase concreta. Hoje, com essa doença sabemos que não podemos falar de amanhã. Tem que esperar dar um passo a cada dia, um de cada vez. Vamos aguardar o governo decidir e espero que seja positivo, porque foi feito um bom controle em Pernambuco”, elogiou Murilo Falcão.

Tabela

Quando as atividades foram paralisadas, o Campeonato Pernambucano tinha Santa Cruz e Salgueiro classificados direto para as semifinais, por ocuparem 1º e 2º lugar, respectivamente, com 22 e 16 pontos. Retrô e Náutico aparecem depois, empatados com 12 pontos, mas com vantagem para a Fênix nos gols pró. O Sport soma 11, em 5º, e o Afogados é o último dentro da zona de classificação para as quartas de final, com 10 pontos.

Fugindo do rebaixamento aparecem Central, Petrolina, Decisão e Vitória. A Patativa do Agreste é a única com possibilidade real de se classificar para o mata-mata por ter os mesmos 10 pontos do Afogados. O problema é a diferença nos gols marcados. Enquanto a Coruja tem 12, o Alvinegro de Caruaru tem apenas cinco. Na última rodada, o Central encara o Decisão, vice-lanterna, como visitante, enquanto o Afogados tem o Vitoria, último colocado com apenas dois empates, em casa.

O Campeonato Pernambucano está parado desde o dia 15 de março por causa da pandemia do novo coronavírus. No estado, já são 58.476 casos da covid-19, com 4.782 óbitos pela doença.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.