COPA DO NORDESTE

Daniel Paulista elogia desempenho do Sport e destaca: “Neutralizamos a maneira de jogar do Fortaleza”


Sport foi eliminado da Copa do Nordeste nos pênaltis

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 25/07/2020 às 19:06
Bobby Fabisak/JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Apesar da derrota e eliminação nos pênaltis, o técnico Daniel Paulista aprovou o desempenho do Sport nas quartas de final da Copa do Nordeste contra o Fortaleza. Na visão do treinador, o time rubro-negro teve um melhor desempenho que o adversário cearense no tempo normal. Além disso, ele frisou que observou uma melhora na equipe em relação ao jogo anterior diante do Confiança. Apesar dos pontos positivos, o comandante se mostrou ciente da necessidade de evoluir ainda mais visando a Série A do Campeonato Brasileiro.

“Neutralizamos a maneira de jogar do Fortaleza. Eles não tiveram condições de colocar o estilo de jogo deles em prática. Ainda temos muito o que melhorar. Já observamos uma equipe mais solta e criando dificuldades para o adversário. Na minha opinião, fomos melhores que o Fortaleza, mas não conseguimos traduzir esse rendimento em vitória, em resultado. Ainda precisamos acertar mais lá na frente. Com o tempo, vamos conseguindo melhorar cada vez mais”, afirmou o técnico.

Daniel Paulista ainda elogiou a postura defensiva do Sport. O Fortaleza pouco conseguiu criar. Quando chegou, o Tricolor do Pici levou perigo nos chutes de fora da área e cruzamentos. “Estamos trabalhando muito essa questão do balanço da linhas, diminuir os espaços e jogar sem a bola. Foi um grande teste contra uma equipe da Série A do Campeonato Brasileiro. Temos que evoluir ainda mais para o Brasileirão”, disse.

Ponto a se melhorar

Um dos pontos que o treinador rubro-negro admitiu a necessidade de melhor é a conclusão das jogadas no último terço do campo. Ponto que Daniel também não gostou nos outros dois jogos contra o Santa Cruz e Confiança após a paralisação de mais de quatro meses no futebol por causa da pandemia do novo coronavírus.

“Eu gostei do setor defensivo. Acho que conseguimos controlar o Fortaleza. E falo da equipe toda que foi obediente taticamente. Claro que faltou um ajuste no último terço do campo, na tomada de decisão. Só que isso faz parte de todo o processo de construção”, contou o comandante rubro-negro.


Mais Lidas