FPF diz que Santa Cruz pode recorrer ao Governo para que 2º jogo da final do Estadual seja no Arruda

A priori, a final do Pernambucano com o mando do Santa Cruz será na Arena de Pernambuco

CAMPEONATO PERNAMBUCANO
FPF diz que Santa Cruz pode recorrer ao Governo para que 2º jogo da final do Estadual seja no Arruda

Independente do local, a partida será realizada de portões fechados. - Foto: Léo Motta/JC Imagem

Lucas Holanda | Pedro Alves

Mesmo confirmando as finais do Campeonato Pernambucano entre Santa Cruz x Salgueiro no Cornélio de Barros e Arena de Pernambuco, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol disse que o 2º jogo da partida ainda pode acontecer no Arruda, caso o Governo do Estado libere o estádio para a decisão. Em entrevista ao narrador Alexandre Costa, da Rádio Jornal, o mandatário da FPF, Evandro Carvalho, afirmou que o Tricolor pode recorrer ao Governo do Estado e, se o Arruda for liberado, a entidade não tem qualquer objeção para a partida ser realizada no José do Rego Maciel.

“Me perguntaram: ‘se houver autorização do Governo, o 2º jogo pode ser no Arruda? Não tem problema nenhum. A Federação não nenhuma objeção. Nós não fizemos essa consulta (ao Governo do Estado), porque quem pode fazer isso é o clube, se por ventura for feito isso. Isso pode ser feito, não vejo nenhuma objeção. Existe um comitê e uma secretária de saúde. À época que o protocolo foi feito, foi firmado dentro de certas circunstâncias que a doença apresentava. Hoje, graças a Deus, o Governo mostrou muita competência e Pernambuco teve um resultado controle na redução da pandemia”, disse Evandro, que completou afirmando não ter nada contra o Arruda.

Ouça a entrevista na íntegra

“Se o Governo autorizar (jogo no Arruda), para a Federação não tem nenhum problema. Não tenho nada contra o Arruda, contra a Ilha do Retiro e nada contra o Salgueiro. A Federação não transige com a legalidade. A Federação pode errar, naturalmente deve errar. A Federação deve ser tida com antipática, mas nada disso importa para mim. O que importa para mim é: o que é legal, é legal”, finalizou o mandatário da Federação Pernambucana de Futebol.

Mais cedo, em contato com a reportagem do Jornal do Commercio, o presidente do Santa Cruz, Constantino Júnior, disse que o clube iria aguardar a FPF oficializar o mando de campo. “Vamos aguardar. Estamos focando no campo e no adversário. O 2º jogo só acontece depois do primeiro”, disse o mandatário tricolor.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.