Santa Cruz e Salgueiro duelam por título histórico do Campeonato Pernambucano

Partida está marcada para ás 21h30 e a Rádio Jornal transmite todas as emoções

CAMPEONATO PERNAMBUCANO
Santa Cruz e Salgueiro duelam por título histórico do Campeonato Pernambucano

Santa Cruz e Salgueiro se enfrentam no Arruda. - Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Filipe Farias | Pedro Alves

Uma decisão histórica. Independente do resultado desta quarta-feira (5), no estádio do Arruda, Santa Cruz e Salgueiro vão fazer história no Campeonato Pernambucano. O Tricolor tem a oportunidade de quebrar um tabu que já dura 88 anos e faturar um título invicto (o último foi em 1932); o Salgueiro, por sua vez, tem o seu tabu a ser quebrado e pode, pela primeira vez, levar o troféu de campeão para o interior do Estado. E, essa história, começa a ser contada a partir das 21h30. Infelizmente, também pela primeira vez, a final do Estadual será sem a presença do torcedor – devido à pandemia do novo coronavírus. Quem vencer é campeão. Um novo empate, a decisão será nos pênaltis.

Para colocar o seu nome nos registros históricos do Santa Cruz, o técnico Itamar Schulle sabe que, assim como todos os jogos após a retomada do futebol, seus comandados terão de se superar em campo para bater a boa equipe do Carcará. “Temos vivido isso direto. Toda partida que jogamos após a retomada não tínhamos vantagens. Contra o Sport, alguns falando que o Santa Cruz já estava classificado, mas mesmo sem vantagem e jogando fora, fomos lá e jogamos com seriedade e vencemos. Contra o River-PI tínhamos de vencer de qualquer jeito, o campo não estava tão bom e vencemos. Contra o Confiança também não tinha vantagem alguma, quem vencesse passava… Levamos para os pênaltis e acabamos saindo. Já contra o Náutico, também uma decisão dificílima fizemos um jogo de evolução e também decidimos nos pênaltis, desta vez vencemos. Agora também será uma decisão sem vantagem. Conseguimos o resultado de empate (no estádio Cornélio de Barros) e, com a dificuldade que o adversário nos impôs, não dá pra dizer que o empate foi ruim. Jogo agora em casa, buscar crescer, melhorar, pois sempre podemos dar um pouco a mais. Para que possamos comemorar o título junto com a torcida”, comentou Itamar Schulle.

Ao contrário do que fez na primeira partida, o treinador coral não deve manter o esquema com três zagueiros. Ou seja, a tendência, é que ele saque Célio Santos e volte a atuar com três atacantes, devolvendo a Victor Rangel a condição de titular. Recuperado de lesão no ligamento do ombro, Augusto Potiguar até viajou para o Sertão do Estado, mas não foi acionado por Schulle diante do Salgueiro. Com mais uns dias de treinamento que ganhou, o atacante corre por fora e pode ser uma opção para dar velocidade ao setor ofensivo – ele foi titular no clássico diante do Sport.

Precisando vencer o Salgueiro para levantar o título e evitar as cobranças por pênalti, as esperanças de gols da Cobra Coral vêm de setores opostos no campo. Apesar de atravessar um jejum de quatro partidas sem marcar – ainda perdeu um pênalti contra o Náutico, no tempo normal, pela semifinal do Pernambucano -, o centroavante Pipico ainda é o artilheiro do Estadual com seis gols. Entretanto, o vice-artilheiro do time na competição é o zagueiro e capitão Danny Morais, autor de três gols, um deles no último domingo. Curiosamente, os dois juntos são responsáveis por mais da metade dos gols do Santa Cruz no campeonato: 53%.

SALGUEIRO

Pelo lado do Salgueiro, o treinador português Daniel Neri vai em busca de fazer história pessoal e também no clube. Isso porque se o Carcará for campeão, se tornará o primeiro time do interior a vencer o Estadual e quebra um tabu centenário. Além disso, um possível título da equipe do Sertão significa que o comandante se tornará o primeiro europeu campeão em solo pernambucano. Nove técnicos estrangeiros já venceram o Pernambucano, mas todos sul-americanos. Além do título inédito, o Salgueiro também vai em busca de uma vaga na Copa do Nordeste, que pode ser conquistada apenas com o troféu diante do Santa Cruz.

Com a possibilidade de fazer história no futebol pernambucano, o técnico Daniel Neri destacou que a primeira partida entre os finalistas foi de muita marcação, com ambas equipes tendo o objetivo prioritário de não perder. No entanto, para o jogo decisivo, acredita que o duelo será mais aberto, principalmente porque a bola deve rolar melhor no gramado do José do Rego Maciel. “Acredito que no Arruda, com o gramado podendo fazer a bola rolar mais rápido, é possível que o jogo seja mais rápido e abra mais um pouco. Então acredito que esse jogo será mais jogado. O Santa Cruz tem muita qualidade, vocês conhecem bem. Têm jogadores no elenco que são fantásticos. Mas eu acredito nos meus jogadores. Acredito que estamos no mesmo nível do Santa Cruz e nas outras equipes da capital. Chegamos na final por mérito. Então é preciso jogar, respeitando a grande equipe que é o Santa Cruz para tentar voltar com o que se pretende (o título)”, disse o técnico português em entrevista ao programa Fórum Esportivo, da Rádio Jornal.

Já o presidente do Carcará falou da importância do título para o clube. “Muita coisa do planejamento da Série D deste ano e do ano que vem depende dessa final. Nós já somos vitoriosos porque chegamos na final com uma equipe com pouco orçamento. Já estamos na Copa do Brasil e na Série D do ano que vem. O objetivo agora é a Copa do Nordeste. E a gente só consegue sendo campeão. Vai ser um jogo equilibrado e vamos em busca do primeiro título do interior”.

Ficha do jogo

SANTA CRUZ

Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William Alves e Fabiano; André, Paulinho e Didira; Derlis Alegre (Augusto Potiguar), Victor Rangel e Pipico.
Técnico: Itamar Schulle.
Esquema: 4-3-3.

SALGUEIRO

César Tanaka; Sinho, Arthur, Ranieri e Daniel; Bruno Sena, Willian Daltro e Renato; Alisson, Muller Fernandes e Ciel.
Técnico: Daniel Neri
Esquema: 4-3-3.

Local: estádio do Arruda, Recife (PE).
Horário: 21h30.
Árbitro: Diego Fernando.
Assistentes: Clóvis Amaral e Bruno Vieira.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.