Presidente do Santa Cruz explica procura por contratações "a gente tem buscado assertividade”

O Tricolor segue atrás de, ao menos, três reforços

SANTA CRUZ
Presidente do Santa Cruz explica procura por contratações

Presidente concedeu entrevista à Rádio Jornal. - Foto: Pedro Alves/Rádio Jornal

Lucas Holanda | Pedro Alves

O torcedor do Santa Cruz vem pedindo contratações, sobretudo para a lateral-esquerda e também para o setor de beirada do ataque coral. E o presidente Constantino Júnior voltou a falar sobre o assunto. Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o mandatário tricolor afirmou que a Cobra Coral está no mercado. No entanto, ele também destacou a importância do clube ser assertivo nos reforços, comentando sobre as últimas contratações da equipe.

“A gente tem buscado assertividade. O Santa é o clube da capital que mais reformulou. Tivemos que ter um nível de seletividade alto. Somos uma equipe que perde pouco. Encontramos um equilíbrio defensivo e também sabíamos da dificuldade de encontrar peças para o setor ofensivo. Esse encaixe do Jaderson que não foi regularizado a tempo no Campeonato Pernambucano, a volta de Chiquinho, que dá qualidade ao meio de campo, conseguindo cadenciar bem e chegar com força para finalizar. O Negueba que tem treinado muito bem, que tem dado uma movimentação bem interessante, com intensidade e velocidade, a gente espera que se repita nos jogos”, afirmou o presidente.

Ouça entrevista na íntegra

Desde a saída do lateral-esquerdo Fabiano que o Santa Cruz vem tendo que atuar com atletas improvisados ali no setor. Sabendo dessa situação, o mandatário coral confirmou que o Tricolor está em busca de um reforço que chegue para jogar o mais rápido possível. Para isso, voltou a falar da assertividade nessa contratação, destacando que alguns jogadores observados não atendem a alguns critérios, sobretudo o de fechar a linha defensiva.

“E, claro, precisamos de um lateral esquerdo e precisamos ser assertivo, temos buscado opções no mercado. Porém, muitas vezes os jogadores não atendem os requisitos de fechar bem a linha de linha de quatro, que deixar uma consistência na primeira linha, com um bom porte físico para ajudar no jogo aéreo e também com qualidade para chegar lá na frente. Não é fácil. É uma posição que temos encontrado uma dificuldade melhor no mercado e o nosso departamento de futebol está empenhado em buscar esse nome, juntamente com a comissão técnica. Não é da noite para o dia que vamos achar e o importante é que a gente traga e reduza essa chance de erro”, disse Constantino Júnior, que confirmou que o Santa Cruz está em negociações com alguns nomes.

“Não posso anunciar agora porque não tem nada acertado, mas já tem negociações em curso, mas não tem nada certo. São dois ou três jogadores, um centroavante de área com características diferentes de Pipico e Victor Rangel, que são muito de vir buscar jogo, mas precisamos de um que tenha maior estatura e mais um jogador de lado e o lateral esquerdo porque é uma condição que precisamos pra ontem”, finalizou o mandatário.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.