Sport vai antecipar as eleições e Milton Bivar não será candidato

O atual presidente do Sport já escolheu o perfil de seu sucessor para concorrer ao cargo

SPORT
Sport vai antecipar as eleições e Milton Bivar não será candidato

Milton Bivar não será candidato a reeleição do Sport. - Foto: Diego Nigro / JC imagem

Pedro Alves | Twitter: @PedroAlvesn99

Os diretores do Sport já vinham estudando as antecipações das eleições no clube há algum tempo. Porém, não havia nada decidido até então. No entanto, a confirmação veio nesta quarta-feira (9) pelo próprio presidente do clube, Milton Bivar, em entrevista para a Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal.

“Vai ter sim (a antecipação), porque é uma coisa que já está na mudança do nosso estatuto e é uma coisa muito salutar. O calendário aumentou muito em termos de competições e você é eleito na segunda quinzena de dezembro, assume no dia primeiro de janeiro e dia nove já tem jogo. Não tem condições nenhuma de se preparar principalmente no aspecto físico dos atletas para que a gente possa enfrentar todo o calendário. Esse ano tem toda uma fórmula diferente e, infelizmente, em termos de resultados dentro de campo não deu certo, que foi a gente apresentar logo cedo os juniores, sub-20 e sub-23 e alguns atletas para que a gente fizesse dois times e foi que a gente tentou fazer, atuar com dois times, e é isso o que muitos clubes vem fazendo. Acredito que com a antecipação de um mês, o sujeito terá mais tempo para trabalhar e tenha o mês de dezembro para dar a sua cara para o que pensa sobre o futebol no clube”, disse Milton.

Junto com a antecipação das eleições, o dia da posse também será antecipado assim como é feito atualmente com o ingresso no cargo de presidente feito dias após as votações no clube. “Faz a eleição e a chapa eleita assume 10 dias depois. Não estou pensando em reeleição.”

Após os dois anos a frente do cargo do Sport, Milton Bivar já desconversava sobre se candidatar a reeleição no clube. Cenário que realmente se confirmou e o atual presidente não será candidato ao cargo de mandatário rubro-negro.

 “De forma alguma (sairá como candidato). Tenho o nosso grupo e tem algumas opções de candidatos e se for analisar toda a minha diretoria eu dou preferência às pessoas mais jovens. O Sport está com vida, com sangue novo e espero continue essa oxigenação com o pessoal mais novo dentro do clube”, afirmou.

Perfil do sucessor

Agora o grupo da situação encabeçado por Milton Bivar estuda o nome adequado para sair como sucessor ao cargo de presidente do Sport e o escolhido já tem o perfil traçado.

“Eu não tenho um nome, mas tenho um perfil. E o perfil é parecido com a nossa filosofia, com coragem e pé no chão para fazer um time relativamente barato e que você possa ir pagando sem criar débitos e ir amortizando dívidas aos poucos e se for entrar gente e a mesma filosofia anterior não adiantou nada, para que foi todo aquele sacrifício da gente para voltar para a Série A? Tanto trabalho encaminhado, principalmente esse ano também, a gente tá levando cacete, todo mundo querendo jogador e a gente falando ‘não pudemos’. Não é o fato de ter o cartão de crédito que podemos usar até o limite, mas temos que usar com pés no chão e eu vejo muita cobrança em cima da gestão, contrata jogador e gasta porque ano que vem tem uma receita de 40 milhões, essa brincadeira aí foi o que lascou o clube”, encerrou.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.