Jorge Henrique concorda com punição a atletas do Náutico envolvidos em show e festa no fim de semana

O meia-atacante do Náutico lamentou a atitude de seus companheiros

NÁUTICO
Jorge Henrique concorda com punição a atletas do Náutico envolvidos em show e festa no fim de semana

Jogador do Náutico se disse triste com o erro dos companheiros, mas concordou com a ação da diretoria. - Foto: Alexandre Gondim/ Acervo JC Imagem

A  punição sofrida pelos jogadores do Náutico no início desta semana, por estarem em show e festa particular em meio ao momento de pandemia, diante de todos os protocolos médicos adotados pelo clube, foi vista como necessária pelo meia-atacante Jorge Henrique. Apesar de ter grande amizade com os atletas punidos, ele revelou tristeza pelo ocorrido, mas que concordava com a ação tomada pela diretoria, por conta do descuido protagonizado pelos companheiros.

“Eu particularmente fiquei muito triste por ser nossos companheiros, meus amigos. Nós gostamos de todos, mas eu acho que a diretoria tomou as medidas corretas, até porque a gente tem que tomar muito cuidado hoje. Estamos vivendo um cenário totalmente diferente e, apesar de ser meus amigos, acabaram pecando um pouquinho, errando. O grupo está com eles, mas infelizmente erraram e têm que cumprir essa punição”, afirmou o experiente atleta.

Os zagueiros Camutanga e Diego Silva, além do atacante Thiago, foram flagrados em uma casa de show no bairro de San Martin, na Zona Oeste do Recife, enquanto o centroavante Kieza estava em uma festa particular, em um apartamento. Todos eles foram punidos administrativamente e estão afastados dos treinos com o restante do elenco num período de sete a dez dias, até realizarem novamente exames da covid-19. Caso o resultado seja negativo, serão reintegrados normalmente.

Jorge Henrique também comentou que a lição fica dada para todo o plantel do Náutico. Seguindo a rotina de exames antes de cada partida, além de um protocolo sanitário feito pelo clube para minimizar as infecções, o Timbu ameniza as perdas de atletas para a doença em várias rodadas – já que a covid-19 ainda não está controlada no país. Por isso, é preciso também a colaboração de cada componente para que assim siga.

“Não só eles, mas fica a lição para todo o elenco de se cuidarem. A gente tem que fazer exames praticamente quase todos os dias, tomando cuidado, sem ir para a rua. A gente sente falta deles, mas a diretoria acertou na punição para eles”, encerrou.

Podcast 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.