SELEÇÃO BRASILEIRA

Técnico da Seleção Brasileira detalha ajustes feitos na equipe projetando Copa de 2022: 'construção'


Tite concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (8), véspera da estreia nas Eliminatórias da Copa do Mundo

Publicado em 08/10/2020 às 17:30
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Na véspera da estreia do Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, o técnico da Seleção Brasileira, Tite, concedeu uma entrevista coletiva para os jornalistas e o repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal, marcou presença e questionou o treinador sobre os ajustes que vem sendo feito na seleção comparando com o momento em que ele assumiu o cargo da seleção, ainda nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

“Quando tu inicia o trabalho e logo em seguida ele cresce e se consolida tão rápido da forma como aconteceu nas eliminatórias, é uma exceção à regra. Não é assim que as coisas funcionam. As coisas funcionam no futebol com construção de equipe, maturidade, lançamento de jovens, manutenção de experientes, mescla, funções que são definidas, atletas crescendo nos seus clubes, competição leal... ela vai trazendo esses componentes. Tomara que a gente tenha essa felicidade, mas não é o real. O real é uma construção”, disse Tite.

“Por isso eu defendo que o técnico tem que ter um ano no mínimo em sua atividade com início, meio e fim. Para o profissional olhar para trás e ver o trabalho que ele fez, e (definir) o que tá certo e o que tá errado. E os profissionais da imprensa, eles conseguem enxergar os técnicos e conseguir avaliar por um período mais longo e falar isso com mais certeza. Então a gente procura equilibrar esses fatores. Tomara que a felicidade, às vezes acontece, mas não é regra. A expectativa é fazer um bom jogo contra a Bolívia, é uma situação anormal por conta da pandemia, e nós (tentar) conseguirmos a vitória, a partir daí o desempenho a gente pode avaliar”, completou.

Confira a entrevista:

A Rádio Jornal vai transmitir a partida entre Brasil x Bolívia que acontece nesta sexta-feira (9), a partir das 21h. A narração é de Aroldo Costa, com comentários de Maciel Júnior e Carlyle Paes Barreto, reportagem de João Victor Amorim e Marcelo Araújo no plantão.

Podcast


Mais Lidas