Caso André: Após punição da Fifa, Sport deve realizar proposta com aporte inicial ao Sporting-POR

Sport está proibido de inscrever jogadores para a disputa de competições com a chancela da Fifa

SPORT
Caso André: Após punição da Fifa, Sport deve realizar proposta com aporte inicial ao Sporting-POR

O atacante André jogou no Sport em 2015, 2017 e 2018. - Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Pedro Alves | Twitter: @PedroAlvesn99

Após a Fifa notificar o Sport que o clube estava proibido de registrar jogadores em qualquer competição com a chancela da entidade, o presidente Milton Bivar concedeu entrevista para Ralph de Carvalho, comentarista da Rádio Jornal, detalhando os próximos passos que o clube deve realizar em relação a quitação da dívida junto ao Sporting-POR, pela compra do atacante André, no valor de € 907,500 mil.

De acordo com o mandatário rubro-negro, uma reunião aconteceu na última terça-feira (13), na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com a presença de pessoas que estão ajudando o Sport a solucionar o caso (o presidente da Federação Pernambucana de Futebol é uma delas) e uma proposta deve ser oficializada nos próximos dias, com um valor de entrada, inclusive.

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

“Essa semana, como a gente já estava temendo, chegou a determinação da Fifa para que a gente, a partir do dia 13, não pudesse inscrever jogadores até que se acerte com o Sporting. Tive que entrar em contato com pessoas que já estavam nos ajudando antes da pandemia. Porque esse assunto foi um dos primeiros assuntos que coloquei de braço dos braços para resolver, mas até agora não consegui. Ontem a reunião na CBF foi muito boa. Estamos formalizando as documentações para enviar uma proposta firme, com um aporte inicial para que o Sporting retire a reclamação junto a Fifa para que a gente possa voltar a inscrever nossos atletas, caso necessário”, disse Milton.

Além da dívida com o Sporting, o Sport quitou um débito próximo de U$ 43 mil junto ao Oleiros-POR pela indenização pela formação do atacante Diego Felipe do sub-23. 

“Conseguimos apagar o incêndio do Oleiros, eu nunca tinha ouvido falar no nome desse time, que tinha um crédito junto ao Sport e ele foi ignorado, ninguém pagou, nem se falou desse dinheiro e estourou a bomba na Fifa. Tivemos que cobrir aproximadamente R$ 300 mil quando pagamos semana passada”, completou.

Podcast

Acompanhe o na Cara do Gol, podcast da Rádio Jornal sobre o futebol pernambucano. No episódio desta semana, análise sobre o duelo entre Sport e Internacional. Apresentação de Alexandre Costa, comentários de Lilian Fonseca, Antônio Gabriel e Marcos Leandro.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.