NÁUTICO

Cheio de desfalques, Santa Cruz encara o Remo para garantir matematicamente a liderança do Grupo A


O Tricolor já está classificado para a próxima fase da competição

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 13/11/2020 às 10:26
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Na base da superação. Ainda com o time bastante remendado e sem contar com sete titulares – seis por covid-19 (Danny Morais, William Alves, Toty, Paulinho, Pipico e Chiquinho) e um suspenso, Perí -, além dos suplentes Denilson e Augusto Potiguar, o Santa Cruz (1º, com 33 pontos) vai colocar à prova mais uma vez a força do seu elenco para tentar mais uma vitória na Série C, desta vez, no duelo contra o Remo (2º, com 26), nesta sexta-feira (13), às 20h, no estádio Mangueirão, em Belém, pela 15ª rodada da competição. Se vencer a equipe paraense, a Cobra Coral assegura matematicamente a primeira colocação do Grupo A.

Com inúmeros desfalques ao longo das últimas duas semanas, o técnico Marcelo Martelotte será obrigado a modificar em todos os setores do time. Sem Toty e Augusto Potiguar, o volante Bileu deve ser deslocado para a lateral direita. Na ala esquerda, Leonan assume a titularidade no lugar do suspenso Perí. No meio de campo, sem Paulinho e com Bileu improvisado na lateral, Tinga terá uma chance entre os titulares. Já no setor ofensivo, com Chiquinho diagnosticado com covid-19, o garoto Jáderson deve ficar com o vaga no ataque.

Ao longo da Terceirona, 32 atletas do elenco foram utilizados nas 14 primeiras rodadas da competição. Rotatividade essa que não prejudicou o rendimento da equipe. Muito pelo contrário, aumentou a disputa interna. “Essa disputa sadia é muito boa, pois não deixa ninguém se acomodar ou cair de rendimento. Faz com que o treino fique bom, com mais disputa. Claro que todo munto respeita o momento de cada um e quem entra está sempre ajudando e colocando dúvida na cabeça de Martelotte. E, quanto mais dúvida o professor tiver, é bom que o grupo vai se fortalecendo”, enfatizou Lourenço.

Remo

De olho na classificação antecipada à segunda fase da Terceirona, o Remo sabe que precisa se superar para vencer o líder isolado do Grupo A para atingir o seu objetivo. E a tarefa será ainda mais árdua, já que o técnico Paulo Bonamigo terá três desfalques importantes na equipe principal: o atacante Tcharlles, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, além do meia Eduardo Ramos (sentiu um incômodo no músculo adutor da coxa direita) e do atacante Wallace, com uma pubalgia. Esses dois últimos não participaram da movimentação de quarta-feira e nem desta quinta-feira, ambos ficaram em tratamento e seguem com chances remotas de entrarem em campo.

A novidade, entretanto, fica por conta de Felipe Gedóz. O meia de 27 anos, recém-contratado pela direção paraense, teve o seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, e fica à disposição de Paulo Bonamigo, mas a tendência é que ele inicie no banco de reservas.

Ficha do jogo

REMO

Vinícius; Ricardo Luz, Mimica, Gilberto Alemão (Rafael Jansen) e Marlon; Lucas Siqueira, Charles e Carlos Alberto; Gustavo Ermel (Felipe Gedoz), Hélio e Salatiel.

Técnico: Paulo Bonamigo.

Esquema: 4-3-3.

SANTA CRUZ

Maycon Cleiton; Bileu, Célio Santos, Elivelton e Leonan; André, Tinga e Didira; Jáderson, Lourenço e Victor Rangel.

Técnico: Marcelo Martelotte.

Esquema: 4-3-3.

Local: estádio Mangueirão, em Belém (PA).

Horário: 20h.

Árbitro: Rafael Martins de Sá (RJ)

Assistentes: Thiago Gomes Magalhães e Wallace Muller Barros Santos (ambos do RJ).

PODCAST

O Na Cara do Gol, podcast sobre o futebol pernambucano da Rádio Jornal, ressaltou a força do elenco do Santa Cruz. O programa teve a participação de Alexandre Costa e João Victor Amorim (ambos da Rádio Jornal), Lilian Fonsêca (TV Jornal) e Marcos Leandro (Jornal do Commercio). Toda segunda-feira, às 15h30, tem um episódio novo do Na Cara do Gol, ao vivo, no canal da Rádio Jornal no Youtube.


Mais Lidas