Delmiro Gouveia fala sobre candidatura ao cargo de presidente do Sport

O candidato concedeu entrevista para o Assunto é Futebol - Segundo Tempo

SPORT
Delmiro Gouveia fala sobre candidatura ao cargo de presidente do Sport

Delmiro Golveia tem apoio de várias forças dentro do Sport. - Foto: SÉRGIO BERNARDO/JC IMAGEM

Pedro Alves | Twitter: @PedroAlvesn99

Com a proximidade das eleições e a desistência de Milton Bivar em se candidatar a reeleição ao cargo de presidente do Sport, um nome apareceu com muita força e que será uma das opções para os sócios elegerem o próximo mandatário rubro-negro. Trata-se de Delmiro Gouveia. 

O candidato concedeu entrevista no programa O Assunto é Futebol - Segundo tempo, com Maciel Júnior, Alexandre Costa, Carlyle Paes Barreto e Roberto Queiroz, e detalhou sobre alguns pontos para a disputa do cargo de presidente.

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

CONFIRA TRECHOS DA ENTREVISTA

Chapa da situação?

Meu nome é de uma unidade. Não é oposição nem situação. Venho de uma composição com apoio de ex-presidentes e grandes nomes que compõem o Sport em toda sua história como Luciano Bivar, Eduardo Monteiro, Homero Lacerda, Jarbas Guimarães, Gustavo Dubeux. Sou candidato de um grupo.

Busca pelo consenso

O nosso posicionamento é esse. Por motivos pessoais ele (Milton Bivar) desistiu desse pleito democrático e não cabe a mim discutir e é por isso que estamos a frente desse processo democrático que temos o dever de manter esse processo de austeridade, transparência e reestruturação financeira do clube, sempre objetivando a permanência do Sport na Série A.

Formação de diretoria

Eu não vou discutir projeto. Eu também fui convidado para reuniões de pessoas mais jovens, por alguns motivos não pude comparecer, mas eu acho que também tem que haver participação de pessoas mais experientes. Tem que haver uma transição, mas tem que ter pessoas experientes. Não pode haver transição sem a experiência. Há uma necessidade de uma mesclagem: experiência com juventude. Então tem que haver a juventude, mas com a experiência. Daí teremos uma evolução no Sport.

Sobre a diretoria de futebol, eu acho que não tem que ser de uma pessoa, mas de um grupo. Temos um nome muito bom. Leonardo Bivar, o filho de Milton. O ex-presidente Wanderson Lacerda compondo, Fernando pessoa, um nome importantíssimo como Nelo (Campos). Não precisa se decidir no nome de uma única pessoa, mas sim de um conjunto objetivando o melhor para o Sport. Passa por um processo. Tendo a junção da experiência com a juventude podemos tirar o melhor para o Sport.

Conselho Deliberativo

O nome de Luciano Bivar, que é um excelente nome, Eduardo Monteiro, uma pessoa de ação muito contributiva para o Sport, o pai sempre dele sempre contribuiu para as cores rubro-negra, então são pessoas que estão aqui dando o seu tempo para o Sport voltar a ter seus velhos tempos de glória.

Financeiro

É difícil. Nós sabemos de toda a dificuldade, de todo o esforço do presidente Milton (Bivar) enfrentou nesses dois anos, após a atitude maléfica dos péssimos administradores dos anos pretérito a Milton. Temos que alinhar um novo trabalho de reestruturação administrativo e financeiro com austeridade e transparência dentro do que uma empresa privada permite. Condição sine qua non é a permanência do Sport na Série A. Dentro disso você vai ter capital suficiente para amortizar todo esse passivo.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.